Mesmo perdendo para o Atlético-PR (foto) no segundo jogo o Timon-PI foi aplaudido pelos torcedores devido ao bom futebol apresentado.

Com um time formado na maioria por atletas maranhenses o piauiense Esporte Clube Timon, venceu o Rio Preto-SP por 1x0 na tarde desta Terça-feira, 9 de Janeiro, em jogo válido pela terceira rodada da primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Junior 2018. O gol do vice-campeão piauiense Sub-19 de 2017 foi marcado por Ian Carlos, no segundo tempo do jogo.

Como havia perdido os dois jogos inciais: Votuporanguense-SP 3x1 Timon, Atlético-PR 1x0 Timon, o clube da cidade de Timon-MA mas com foro em Teresina-PI, vice-campeão piauiense Sub-19 de 2017, realizou melhor campanha que o River (campeão piauiense Sub-19 de 2017), pois sofreu menos gols. No seu grupo o Timon terminou em 3º lugar, o River em 4º lugar.

A participação de Timon e River na Copa São Paulo 2018 deixou claro também uma coisa: que o vice-campeão piauiense Timon é um time bem melhor que o campeão River. No campeonato piauiense Sub-19 do ano passado o Timon não perdeu um só jogo e sofreu apenas 1 gol em toda a competição, decidindo o título com o River e perdendo na cobrança de penalidades máximas após empate no tempo normal. Na Copa São Paulo 2018 a campanha do vice-campeão é também superior a do campeão piauiense.

Campanha do Timon na Copa São Paulo de Futebol Junior 2018:
Timon 1x3 Votuporanguense-SP
Timon 0x1 Atlético-PR
Timon 1x0 Rio Preto-SP.

Classificação do Grupo 3:
Votuporanguense-SP - 9 pontos
Atlético-PR - 6 pontos
Timon-PI - 3 pontos
Rio Preto-SP - não pontuou

No geral o Esporte Clube de Timon fez 2 gols e sofreu 4, enquanto que o River fez 3 gols e sofreu 9. Ambos tiveram 1 vitória e 2 derrotas. O Timon terminou a competição na terceira colocação do Grupo 3, o River na última do Grupo 13. E o Galo ainda poderá sair da competição como o clube que mais levou gols em uma única partida: sete!

Ainda podemos dizer que o Esporte Clube Timon conseguiu chamar atenção pelo bom conjunto, alguns destaques individuais, especialmente na derrota de 1x0 para o Atlético-PR e na vitória de hoje contra o Rio Preto, além do bom esquema de jogo adotado pelo treinador Péricles Veloso. Já o River Atlético Clube, conseguiu chamar atenção apenas para seu treinador, Giva Albuquerque - e por causa de uma toalha que ele balançava na área técnica nos minutos finais de cada tempo de jogo, para fazer seus atletas entenderem que já estava próximo do intervalo ou do final da partida! Nada mais a acrescentar.


Reações:

Postar um comentário

 
Top