O novo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), desembargador Carlos Eduardo Fonseca Passos, prometeu combater o poder do crime organizado e das igrejas nas eleições de 2018 em seu estado, que serão presididas por ele. Empossado no último dia 5 de Janeiro, o desembargador listou, no total, cinco prioridade para o próximo pleito.
“Concentro minhas preocupações em cinco temas: a existência de centros sociais, explorando a miséria dos eleitores e afetando o resultado eleitoral; a influência do crime organizado no resultado das eleições, através do patrocínio de candidaturas de marginais; influxo inaceitável de entidades religiosas envolvendo-se em política partidária e apoiando candidaturas, naquilo que temos designado como abuso do poder religioso; realização de propaganda negativa em redes sociais, sem a possibilidade de um desmentido tempestivo; e a segurança e a normalidade das eleições”, destacou Fonseca Passos, em seu discurso de posse.


Reações:

Postar um comentário

 
Top