A juíza da Comarca de Batalha, Lidiane Suely Marques Batista, determinou à publicação no Diário Eletrônico da Justiça a intimação para o garçom Alan Cardec Gomes da Silva, 25 anos, apresente a defesa preliminar na ação penal em que é acusado de perturbar a paz e o sossego alheio utilizando um aparelho de som em alto volume.
Conforme denúncia do Ministério Público Estadual, no dia 15 de Fevereiro de 2017, o denunciado Alan Cardec, realizou conduta tipificada no artigo 42 da Lei de Contravenções Penais, situação notificada pela vítima José Bravo Sobrinho, que afirma no Boletim de Ocorrência de nº 006/2017, que o acusado possui aparelho de som modelo “Pancadão”, e que utiliza de forma imoderada o aparelho, inclusive deixando seu filho, que é paciente do CAPS, perturbado e alterado por conta do fato narrado, se agravando a situação aos finais de semana quando o mesmo ingere bebida alcoólica prolongando-se os fatos aos finais de semana, se estendendo pela madrugada.
A intimação foi publicada na última Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018. O barman deve apresentar defesa em um prazo de 10 dias, após a publicação do edital. O Ministério Público protocolou denúncia, em Outubro do ano passado, no Juizado Especial Criminal de Batalha, uma das cidades da chamada Região da Grande Barras, distante 36 quilômetros da Terra dos Governadores.
(*) Com informações do portal Longah

Reações:

Postar um comentário

 
Top