O governador do Estado do Piauí, Wellington Barroso de Araújo Dias, do Partido dos Trabalhadores - PT, reuniu-se na manhã desta Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2018, no Palácio de Karnak, com dirigentes dos seis clubes que disputarão a Série A do Campeonato Piauiense de Futebol 2018.

Na oportunidade o chefe do executivo piauiense prometeu pagar R$ 100.000,00 (Cem Mil Reais) a cada clube, correspondentes ao não pagamento das cotas de patrocínio de 2017 e dividir o restante em parcelas mensais e iguais. Não foi prometido patrocínio para 2018, apenas o pagamento do que o Governo do Estado deve aos clubes, que usaram propaganda do Governo em seus uniformes, placas publicitárias dos estádios e centros de treinamentos, banner's para entrevistas.

Com a credibilidade arranhada devido tanto prometer e não cumprir, a decisão do governador ptista em honrar com sua promessa está sendo vista com desconfiança pelos torcedores. Raimundo Neto, torcedor do Flamengo-PI, em entrevista ao Tribuna de Barras, disse: "Meu amigo, pelo histórico de mau pagador do governador Wellington Dias, a gente tem mesmo é que desconfiar, não acredito que ele pague aos clubes e pode até pagar viu, afinal este ano é ano de política e esses políticos sempre usam e abusam dos desportistas, esportistas e clubes de futebol amador e profissional em época de eleição. Só vendo viu!", finalizou o torcedor rubro-negro.

Por outro lado, caso o Governo do Estado pague mesmo as cotas de patrocínio em atraso, a maioria dos clubes não receberá por exemplo os R$ 100.000,00 da primeira cota, pois devem a Federação de Futebol do Piauí, que será a repassadora do dinheiro para os clubes após receber do Governo. Muitos clubes pediram emprestado dinheiro a FFP para pagar suas dívidas com atletas e a FFP irá descontar do repasse do Governo do Estado.

Reações:

Postar um comentário

 
Top