O prefeito Carlos Monte lamentou em uma das suas páginas nas redes sociais, que a bonita iluminação da Ponte dos Trabalhadores, com  a decoração natalina, foi destruída na madrugada da última sexta-feira. Os fios elétricos que mantinham a decoração de Natal iluminada, foram cortados.

Não se pode dizer que foi ação de "vândalos", quem conhece bem Barras sabe disso. Mal elementos, bandidos, pessoas de mal caráter, sempre estiveram contidos no meio político-partidário de Barras, especialmente nos últimos 40 anos. A ação foi política e sem dúvida praticada por pessoas que fazem oposição ao prefeito. Na verdade, são poucos que querem ver Barras crescer, se desenvolver. 

Tipos de ações nefastas com essa, têm feito com que muitos barrenses de bem e que moram em outras cidades, tenham se afastado da terra natal nos últimos 40 anos. Há em Barras uma podridão política que impede o município de se desenvolver e o desenvolvimento que temos acompanhado nas últimas quatro décadas, deve-se mais ao trabalho dos comerciantes, empresários, dos que dos políticos. Políticos? Os de Barras só são conhecidos até a divisa do município com Cabeceiras, Esperantina, Batalha, Boa Hora, Miguel Alves e Nossa Senhora dos Remédios!

Num jogo que vale mais os interesses pessoais que os coletivos, Barras amargura o esquecimento no Estado. Afinal o que Barras faz de útil? O que Barras produz? No que Barras se destaca? Há, somos a Terra dos Governadores, Terra dos Poetas, Terra dos Marechais e Generais, Terra dos Intelectuais! Meus amigos, vamos deixar nossos conterrâneos descansarem no plano superior em berço esplêndido por tudo que aqui fizeram. O que nós estamos fazendo para ganharmos o destaque que eles tiveram e que ainda perdura? 

Barras para Barras. Barras não pode continuar no ostracismo devido a ignorância de muitos - como esses que cortaram a fiação da decoração de Natal da Ponte dos Trabalhadores.



Reações:

Postar um comentário

 
Top