Foi aprovado nesta Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017, segunda votação na Câmara Municipal de Barras, Projeto de Lei de autoria do vereador Antonio Leite Neto que nomeia o anel viário de Barras como Francisco de Paula Monteiro - o "Chico Cardoso", como era popularmente conhecido.
Foi dele, a primeira empresa de transporte terrestre da região, a Empresa F. Cardoso, que fez história por ser a primeira empresas de ônibus genuinamente barrense.
O projeto segue para sanção do prefeito Carlos Alberto Lages Monte, que com certeza dará seu aval. 

SOBRE O HOMENAGEADO:
Francisco de Paula Monteiro, natural de Luzilândia-PI, chegou a Barras em 1928 com apenas 16 anos de idade, quando a convite do mecânico "Cardoso", que à época residia na cidade, passou a trabalhar com ele e, no decorrer de pouco tempo, o aprendiz Francisco Monteiro logo assimilou os princípios da profissão de mecânico de automóvel. Em seguida, foi trabalhar com outro mecânico proprietário de caminhão de nome Crueiras.
Na Terra dos Governadores conheceu Lavínia Melo, natural da cidade de Altos-PI, que estava a passeio em Barras. Com Lavínia, Francisco Cardoso começou a namorar e contraiu matrimônio em 5 de Abril de 1938. O casal teve oito filhos.
No decorrer de sua convivência em Barras, tornou-se vereador da Câmara Municipal na legislatura 1955 1958. Graças às boas amizades que por aí construiu, sentia-se pessoalmente como cidadão barrense e assim o era, face ao acolhimento carinhoso que a cidade lhe dispensava.
Em 1959 Chico Cardoso iniciou sua nova atividade profissional ao adquirir um ônibus marca "Internacional R160", equipado com carroceria de madeira, tipo de veículo muito utilizado à época no transporte de passageiros. Começou o veículo Francisco de Paula Monteiro começou a explorar a linha intermunicipal Barras/José de Freitas/Teresina/Barras. A partir de então, foi progredindo e adquirindo vários outros tipos de ônibus, já com carroceria metálica. 
Chico Cardoso faleceu em 28 de Abril de 2001, momento que já convivia com outra família decorrente de seu segundo casamento. Se corpo é enterrado no Cemitério São José, Bairro Pequizeiro, em Barras.


(*) Com informações do portal Longah


Reações:

Postar um comentário

 
Top