Chuva na Ponte Estaiada, em Teresina
Alguns municípios do norte do Piauí foram surpreendidos nos últimos dias com fortes chuvas e trovoadas, consideradas atípicas para o período do BR-O-BRÓ (meses terminados por BRO - Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro, geralmente quentes e sem chuvas). No entanto, a população deve começar a se preparar para a chegada do período chuvoso, isso porque as precipitações devem ficar cada vez mais constantes e as altas podem começar a recuar.
É o que afirma Sônia Feitosa, meteorologista da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar). Segundo ela, o período chuvoso já se iniciou no Sul do Piauí e em Teresina ele começa geralmente em dezembro. “Não é que já seja efetivamente o período de chuva, mas a tendência agora é começar a estabilizar as precipitações e o BR-O-BRÓ entrar em sua fase final”, afirma Sônia.
No município de São Raimundo Nonato, a 521 quilômetros de Teresina, houve chuva de granizo nesta quinta-feira. Os fortes ventos acabaram por derrubar o Cruzeiro que fica em um mirante próximo à catedral da cidade, mas não houve registros de feridos. Uma torre de telefonia também foi atingida, o que deixou alguns trechos de São Raimundo sem comunicação por algumas horas.
O granizo que caiu em São Raimundo não é algo novo para os piauienses e um fenômeno característico de cidades quentes, de acordo com o setor de meteorologia da Semar. As pedras de gelo se formam em razão do contraste de temperatura entre a atmosfera mais alta e mais baixa.
Sônia Feitosa explica: “Há formação de nuvens propícias e elas são extremamente frias. Então quando há contato com uma nuvem quente, muda a pressão e o sistema de vento que forma pequenas partículas de gelo. Elas começam a crescer até ficarem pesada e se precipitarem”.

Reações:

Postar um comentário

 
Top