O PT em 2016 era presidido pela senadora Regina Sousa (foto acima)

Em sessão de julgamento realizado nesta terça-feira (22), o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) desaprovou as contas apresentadas pelo Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT). A prestação é referente ao ano de 2016.
Na época, o PT era presidido pela senadora Regina Sousa (PT). Ela foi substituída na direção do partido pelo deputado federal Assis Carvalho (PT).
A decisão do Tribunal por maioria. Foram vencidos os juízes José Wilson Ferreira de Araújo Júnior e Astrogildo Mendes de Assunção Filho, nos termos do voto do relator, Juiz Antônio Lopes de Oliveira, e em consonância com o parecer do Procurador Regional Eleitoral.
A prestação de contas de campanha de 2016 do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), embora com parecer desfavorável do Procurador Regional Eleitoral, foram aprovadas com ressalvas pelo TRE-PI, nos termos do voto do juiz relator, José Wilson Ferreira de Araújo Júnior. Foram vencidos os juízes Geraldo Magela e Silva Meneses e Paulo Roberto de Araújo Barros.
Na mesma sessão de julgamento, o TRE-PI julgou, por unanimidade, e em conformidade com o parecer do Procurador Regional Eleitoral, como não prestadas as Contas do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) relativas a 2015 e 2106 e do Partido Social Liberal (PSL), relativas a 2015.

Reações:

Postar um comentário

 
Top