Em entrevista nos estúdios da Rádio Globo aos repórteres Idelfran Monteiro e Yantok Silva, o jornalista Reinaldo Barros Torres, editor dos portais de notícia tribunadebarras.com e mpiaui.com e gerente da empresa Reinaldo Barros Torres Assessoria de Comunicação Esportiva, fez um relato sobre a badalada Copa Água Branca Nordeste de Futebol de Base, que este ano aconteceu em sua terceira edição, na cidade de Água Branca, distante 90 Km ao sul de Teresina.

Considerada a maior competição de base realizada no Piauí, a Copa Água Branca este ano reuniu doze clubes dos estados do Piauí, Maranhão, Ceará e Pernambuco, entre eles Ceará Sporting Club e Santa Cruz Futebol Clube. Realizada pela Secretaria de Esporte e da Juventude da Prefeitura de Água Branca, dirigida pelo desportista Lourival Junior, a Copa Água Branca chamou atenção em todos os sentidos, em especial devido ao alto nível técnico, boas arbitragens, organização nos alojamentos das delegações.

Em sua entrevista a Rádio Globo, Reinaldo Barros Torres destacou o projeto embrionário que visa em 2018 estabelecer duas sedes para a competição: as cidades de Água Branca e Altos. Por conta disso Warton Lacerda (presidente da Associação Atlética de Altos) e Jonas Moura (prefeito de Água Branca), já mantiveram os primeiros entendimentos. Água Branca ficaria com dois grandes clubes nordestinos  e Altos também com dois grandes clubes. Ceará-CE e Santa Cruz-PE já solicitaram inscrição antecipada para a edição de 2018 e com a inclusão da cidade de Altos mais dois grandes clubes serão convidados.

Reinaldo Barros Torres destacou ainda na sua entrevista a Rádio Globo a importância sócio-econômica e turística para Água Branca no período da realização da III Copa Água Branca, além de ter colocado a cidade na mídia dos estados do Piauí, Pernambuco e Ceará, em especial, durante uma semana, quando foram destacados também a importância do município para o Piauí no contexto político, pautada por uma administração pública que tem conseguido resolver a maioria dos problemas sociais cruciais que atingiam o município, sendo hoje exemplo para todo o Estado do Piauí.


O editor do Tribuna de Barras de Barras e do MPiauí também falou da revelação de talentos para o futebol que proporcionou a III Copa Água Branca e disse que o Ceará ficou com três jogadores e o Santa Cruz com um, todos de clubes que disputaram a competição. Sendo assim, disse Reinaldo Barros Torres, a Copa Água Branca cumpre fielmente seu papel, ajudando a realizar o sonho de adolescentes praticantes do futebol em atuarem em um grande clube, além de proporcionar às suas famílias também o sonho de melhores dias no futuro com o possível destaque dos seus filhos e a melhoria das suas condições econômico-financeiras.

A Copa Água Branca Nordeste de Futebol de Base é realizada a cada ano no mês de Julho, período de recesso escolar dos atletas e além do secretário de esporte Lourival Junior, tem também na coordenação os desportistas Marconi Dantas, Cipriano Faustino e Josenildo Viana. A Prefeitura de Água Branca entra como parceira, cedendo escolas climatizadas da rede municipal de ensino, para alojamento das delegações e o Estádio Municipal Luzia Bezerra Sales para a realização dos jogos.

Reações:

Postar um comentário

 
Top