A II Olimpíada Piauiense de Língua Portuguesa foi lançada na manhã desta segunda (12), na Universidade Estadual do Piauí. Com o tema “Tecendo os saberes do nosso povo”, esta edição pretende promover a reflexão sobre a produção textual, aproximando a pluralidade dos saberes do povo piauiense. O lançamento contou a presença de representantes das Instituições de Educação Públicas do estado e do município.
Representantes do Instituto Federal de Educação Tecnológica do Piauí (IFPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Secretaria de educação e Cultura (SEDUC) e Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) reafirmaram a parceria para a realização da Olimpíada. Diferente de 2016, onde apenas as escolas de Teresina foram atendidas, esta edição todos os municípios piauienses serão contemplados.
As inscrições estão abertas de 12 de junho até 30 de julho. Podem participar todos os estudantes de educação básica regularmente matriculados pela rede pública (estadual, municipal, federal) nas modalidades fundamental e EJA (6º, 7º,8º,9º anos), Ensino médio, EJA e profissionalizante ( 1º,2º e 3º anos).
O Pró-reitor da PREX, Prof. Dr. Raimundo Dutra, explicou sobre o projeto. “Todos os textos escritos pelos estudantes da educação básica pretendem fomentar uma reflexão acerca da cultura piauiense e de nossa identidade. No ano passado tivemos 700 participantes, este anos pretendemos chegar até 4 mil participantes”.
Sobre a organização, a Formadora da Olimpíada Nacional, a professora Shirley Alves, sintetizou que a parceria promove uma identidade cultural dos saberes com o povo piauiense incentivando atitudes criativas da escrita. “Ler é um exercício para a vida", concluiu.

Premiação
A premiação aborda o tema “retratos do nosso povo” nas categorias poema, crônica e artigo de opinião. Medalhas de ouro, prata e bronze serão entregues aos participantes classificados. O regulamento completo da premiação pode ser acessado clicando aqui.
Reações:

Postar um comentário

 
Top