Na sessão desta Segunda-feira, 12 de Junho, todos os vereadores da base do prefeito Carlos Monte se retiraram da Câmara Municipal de Barras e não participaram da sessão em repúdio à forma como foi sorteada a ordem de pronunciamento de cada parlamentar.
Segundo o Regimento da Câmara, o sorteio deve ser feito na presença de pelo menos dois vereadores: um da base do prefeito e outro da oposição. A Câmara Municipal descumpriu o regimento, pois somente dois vereadores da oposição acompanharam o sorteio.
Ao chegarem na sessão, os parlamentares só foram informados do resultado. De acordo com o vereador José de Deus Carcará Filho, causou estranheza todos os vereadores da base terem ficado no início da sessão e todos da oposição ficaram para o final.
“O que motivou nosso repúdio foi termos solicitado que o sorteio fosse refeito e eles terem se recusado a refazer. Por quê? Primeiro lugar, nenhum de nós presenciou o sorteio. Segundo, foi uma coincidência muito grande termos todos os vereadores da base sido sorteados para falar em sequência e no início da sessão. Em terceiro, não quiseram refazer o sorteio”, desabafa José Carcará.
Quem fala primeiro fica em desvantagem porque fica sem chance de contra-argumentar depois. Os vereadores da situação entenderam como uma manobra por parte da oposição, da qual faz parte o presidente da casa, Irlândio Sales e que não vão mais admitir que o Regimento da casa seja desrespeitado.
A oposição tem maioria na Câmara Municipal.
(*) Maria Carcará, Longah

Reações:

Postar um comentário

 
Top