A saudosa professora Filomena da Cunha Barros em dezembro do ano passado,  ladeada pelas irmãs Maria Lúcia da Cunha Barros Ferreira e Maria do Socorro da Cunha Barros Araújo

A Família Barros, consternada com o falecimento da professora Filomena da Cunha Barros, convida os parentes e amigos para a Missa de Sétimo Dia em sufrágio da alma da saudosa professora barrense. A celebração religiosa acontecerá na próxima Segunda-feira, dia 22 de Maio, as 17 horas, na Catedral de Nossa Senhora das Dores (Praça Saraiva), em Teresina.

Filomena Barros comungando em
 Janeiro de 2016
A visita ao jazigo da família no Cemitério Parque Jardim da Ressurreição, Bairro Alto da Ressurreição, em Teresina, onde foi sepultada a professora Filomena Barros, acontecerá a partir das 7 horas da manhã deste dia 22 de Maio, perdurando por toda a manhã, quando familiares estarão recebendo os amigos em momentos de oração. Para maiores informações a família colocou a disposição dos amigos os telefones (86) 99949-6822 e 99504-0788.

Filomena da Cunha Barros nasceu em Barras-PI em 10 de Dezembro de 1942, filha de Raimundo de Sousa Barros e Rosa da Cunha Barros. Faleceu em Teresina-PI no dia 16 de Maio de 2017. É neta pelo lado paterno de Antero de Oliveira Barros e Francisca Lima de Sousa Barros (naturais de Pedro II - PI), e pelo lado materno de Ignácio Ribeiro da Cunha e Maria Rodrigues da Conceição (naturais de São Benedito-CE).

(*) Clique no linque a seguir e veja imagens do sepultamento da professora Filomena da Cunha Barros: http://www.tribunadebarras.com/2017/05/corpo-da-professora-barrense-filomena.html



Reações:

Postar um comentário

 
Top