Fábio Novo (Secretário de Estado da Cultura) reunido com Dom Juarez Sousa 

Um grupo de fiéis bastante revoltado com o tombamento da principal Igreja católica de Esperantina, 40 mil habitantes, cidade da Região da Grande Barras, chegaram a recusar a doação no valor de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) da emenda parlamentar do Secretário Estadual de Cultura do Estado do Piaui, Fábio Novo, para ajudar na reforma do referido templo religioso no município.
O Secretário, que está licenciado do cargo de Deputado Estadual na Assembleia Legislativa foi obrigado a ouvir alto e em bom som que a maioria dos esperantinenses são contrário ao tombamento da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Boa Esperança.


Já o Deputado licenciado tentou por diversas vezes explicar para os fiéis que o tombamento da Igreja não partiu nem dele e muito menos do governador Wellingthon Dias, e sim, do Ministério Público.
“Eu estou aqui para resolver todo esse problema e garanto que não foi eu e nem o governador que foi o responsável pelo tombamento e sim o Ministério Público”, disse o Secretário.
Bastante acuado com a presença dos fiéis, Fábio Novo declarou aos presentes que a obra de reforma da Igreja vai ser continuada no município.
Por outro lado um grupo de fiéis chegaram a declarar que embora o Secretário de Cultura tenha falado da liberação da reforma da referida Igreja, mesmo assim, será realizada uma grande manifestação no próximo sábado pelas principais ruas e avenidas da cidade.

Reações:

Postar um comentário

 
Top