O suspeito de matar o pedreiro Francisco Santos, de 48 anos, foi preso - cerca de duas horas depois do crime – em uma festa de carnaval no Corredor da Folia, em Barras. Ele matou e depois foi brincar carnaval!  O homicídio ocorreu por volta das 22h15 de Segunda-feira (17), dentro da casa da vítima, no Bairro Santinho, zona norte da cidade.
Identificado apenas como Jaderson, a frieza da atitude do rapaz chocou a população. A motivação do crime pode ter sido passional, pois ele tinha ciúmes da ex-companheira, que estaria em um relacionamento com o filho da vítima. 
“Ele foi preso em flagrante e está à disposição da justiça. Eu estranhei o tamanho da frieza dele. Após o crime, ele foi para um evento carnavalesco na cidade. O outro suspeito ainda não foi localizado, mas a investigação continua para concluir esse crime. Todas as circunstâncias estão sendo apuradas”, comentou o delegado Francisco Queiroz, que atendeu a ocorrência. 
    
O delegado disse ainda que a dupla havia perseguido o filho do pedreiro até a sua casa, que conseguiu se esconder em um dos cômodos. O pai, que estava dormindo, acordou assustando com as batidas na porta, e levantou-se para ver o que estava ocorrendo.
“O que nós apuramos até agora é que o filho da vítima foi perseguido pelos agressores até a sua casa. Ele se trancou em um quarto e os agressores efetuaram disparos para dentro da casa. O pai se assustou, foi ver do que se tratava, começou uma luta corporal com os suspeitos e acabou sendo baleado”, disse o delegado. 

Reações:

Postar um comentário

 
Top