Com direito a um golaço do artilheiro Viola, o River Atlético Clube conseguiu empatar por 2 a 2 com o Sport Recife, na noite deste sábado (11), na Ilha do Retiro, em Recife, e manteve-se como líder do Grupo C da Copa do Nordeste, estando à frente do Leão pernambucano no critério de saldo de gols.

Com um esquema defensivo bem montado pelo técnico Waldemar Lemos, o tricampeão piauiense soube segurar a pressão do Sport e marcar dois gols em momentos capitais da partida. Um jogo que começou com o time da casa em cima, tentando abrir a contagem logo nos primeiros minutos. Mas foi o River quem chegou lá. Depois de receber passe de Viola, o lateral esquerdo Wesley acerta o gol de Magrão, colocando o River em vantagem.

Empurrado pela torcida, o Sport foi ao ataque e conseguiu o empate com Rithely, recebendo livre e chutando na saída de Leandro. Com 1 a 1 terminou o primeiro tempo. A pressão continuou na fase final, mas o River se defendia com segurança e o goleiro Leandro também operava grandes defesas. Aos 36 minutos, porém, penalidade máxima contra o River.

André, que fazia seu retorno ao Sport, cobrou muito mal, mas o goleiro Leandro rebateu pra frente, proporcionando ao adversário aproveitar o rebote para desempatar. Quando a torcida local já festejava a vitória e a liderança do Grupo C da Copa do Nordeste, Viola marca um gol de placa, dando um chapéu no zagueiro, com a cabeça, e finaliza sem chances para Magrão. Um golaço, que deu números finais ao marcador na Ilha do Retiro.

Foi o quarto jogo entre as duas equipes e o quatro empate da história de River e Sport Recife. Antes do jogo de hoje, empataram por 1 a 1 (em 1981, pelo Campeonato Brasileiro, em Recife), e por 2 a 2, duas vezes, no ano passado, pela Copa do Nordeste (em Recife e Teresina).



(*) Texto: Severino Filho, Site do Buim. Continue lendo sobre esse jogo, acesse sitedobuim.blogspot.com.br

Reações:

Postar um comentário

 
Top