De camisa amarela e colete, repórter de uma rádio da cidade de Parnaíba é retirado de campo pelo quarto árbitro do jogo Parnahyba x Piauí Esporte Clube. Foto:  Didupaparazzo

Um caso curioso parou na súmula do jogo entre o Parnahyba e Piauí Esporte Clube, pela quarta rodada do primeiro turno do Campeonato Piauiense 2017, realizada no Estádio Pedro Alelaf, litoral do Estado. O árbitro Lindomar de Araújo Oliveira relatou que expulsou de campo o repórter da Rádio Alvorada FM, Gláucio Júnior, após o profissional, na descrição do juiz, ter xingado o goleiro Joel, do Piauí Esporte Clube,  logo depois do segundo gol do time azulino. Gláucio Júnior negou as ofensas ao goleiro do Piauí.  
Joel, goleiro do
Piauí Esporte Clube
No documento entregue à Federação de Futebol do Piauí - FFP, o juiz narrou ter sido informado pelo quarto árbitro da situação, e descreveu o caso da seguinte forma: “o repórter aproximou-se do goleiro da equipe do Piauí, Joel do Nascimento, e proferiu as seguintes palavras: "Toma, filho da p..., quero ver tu fazer cera agora, p$%#’. Imediatamente exclui das mediações do campo de jogo o já citado repórter”.  
O Parnahyba venceu o Piauí por 3 a 1 e assumiu a liderança. O radialista considerou exagerada a descrição dos insultos na súmula e pediu provas de que teria ofendido o goleiro do time visitante.  Segundo Gláucio, não houve nenhuma provocação ao jogador do Piauí. 
- Não xinguei, não disse nada do que ele falou. Sou torcedor do Parnahyba, no calor da emoção, comemorei o gol. Por isso, por comemorar o gol, sei que estou errado, sou humilde em reconhecer esse erro. Agora, descrever na súmula que chamei o goleiro de isso ou aquilo não aconteceu, tenho convicção que não disse. Quero que me prove, tem gravado essas palavras? – argumentou Gláucio Júnior.  
Em Teresina também se ver isso! Não xingamentos, mas repórteres de rádio vibrarem no gramado após bonitas jogadas ou gols dos times que "torcem". Falta explícita de profissionalismo.
(*) Com informações do Globo Esporte/Piauí. Foto: Didupaparazzo


Reações:

Postar um comentário

 
Top