Prédios de Teresina tremeram com o abalo sísmico 

Por volta das 9h30 desta Terça-feira (3), teresinenses sentiram um tremor de terra em diversas áreas da capital. Ainda não há registros de acidentes ou feridos, mas os relatos nas redes sociais surgem de todas as zonas da cidade. O Tribuna de Barras apurou que em cidades do interior do Piauí e Maranhão também foram sentidos os efeitos, bem como em São Luis, capital do Maranhão.
O geólogo Paulo Lages, da Secretaria de Mineração do Governo do Estado do Piauí, explicou que o tremor sentido em Teresina pode ter sido ocasionado por acomodação de placas tectônicas, deslocamento de placas regionais ou ainda alguma movimentação de placas oceânicas. Mas informou que a capital não possui monitoramento adequado para esse tipo de situação. Ele disse que os tremores na capital chegam no máximo a 4,5 graus da escala Richter, mas que geralmente não ultrapassam 2,5 graus. Ele acrescentou que novos tremores podem acontecer em breve. 


Segundo o monitor sísmico da Universidade de São Paulo (USP) o epicentro aconteceu no Maranhão, mas foi sentido em parte do Piauí. O tremor foi sentido exatamente 10h43, horário de Brasília, na cidade de Belagua (MA), com magnitude 4,6.



"Se esse deslocamento não foi suficiente para aliviar a tensão, pode acontecer novamente. Mas, teoricamente, em Teresina não tem como haver grandes proporções, apenas se for algo novo, que surgiu agora", disse. Essa não é a primeira vez que Teresina tremeu. O geólogo lembrou que há algum tempo, cerca de 10 anos, a população sentiu a mesma sensação e não foram registrados danos. 
Nas zonas Sul e no Centro de Teresina, há diversos relatos de sensação do tremor. Muitos trabalhadores deixaram os prédios públicos do Centro da capital, temendo algum acidente. No prédio da Eletrobras (fotos abaixo) os empregados viram suas mesas de trabalho tremerem e a correria foi imensa visando evacuar o prédio. Relato de um empregado da Eletrobras cita que ele estava no banheiro urinando quando notou que sem querer tinha urinado fora do vaso sanitário, mas pensou que seria tontura pois havia tomado remédio para verme, mas quando saiu do banheiro viu uma gritaria nos corredores da empresa de distribuição de energia elétrica, daí acompanhou a todos correndo pelas escadas tentando atingir o andar térreo.
Alguns relatos na redes sociais informam que moradores de outras cidades do Piauí e em outros estados também sentiram a terra tremer. 

Moradores de um prédio no bairro São Cristóvão, na zona Leste, desceram com medo após sentirem o tremor. Um deles narrou que sua cama balançou e correu para a rua. No Bairro Mocambinho, na zona norte, uma moradora disse que estava na mesa escrevendo, quando sentiu a mesa tremer, o portão e a cadeira que estava sentada. "Eu levantei rápido para ver o que era mais logo passou. Eu fiquei com medo e preocupada que eu não sabia o que era, pensei que fosse vento forte para balançar o portão, mais não estava vetando", declarou a professora Carmem Iolanda.

Abaixo, fotos dos funcionários da Eletrobras evacuando o local de trabalho após sentirem o tremor. Fotos: Raimundo Andrade.








Reações:

Postar um comentário

 
Top