Em sua página no Facebook, o estudante Cleysson Francisco Laudisio Sales, 18 anos, já atualizou seu status: “tudo azul”. E não é para menos, ele tirou 980 pontos na redação – quando a nota máxima é 1.000 no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) só 17 candidatos em todo país conseguiram atingir o feito.
Com histórico de sempre estudar em escola pública, Cleysson Laudisio tirou 980 na redação e comemorou a vitória.
“É a realização por ver que todo esforço valeu a pena, de ver que realmente é possível, e que qualquer um é capaz. É algo que fiz por mim para alcançar meu sonho, mas ver a felicidade que os outros sentem por algo que fiz é a melhor parte".
Natural de Porto, cidade da Região da Grande Barras, distante 60 Km da Terra dos Governadores, Cleysson contou que mora em Teresina há um ano e estuda no CEV. Agradeceu as duas professoras de redação, a de Porto, da escola estadual Otávio Falcão, Silvana Silva, e a professora de Teresina, Patrícia Lima. “Agradeço a professora Patrícia pelos incentivos, eu cheguei com uma base, mas ela me mostrou uma forma diferente de ver a redação”. Cleysson espera o resultado do Sisu para escolher entre os cursos de Medicina ou Engenharia Civil. 

Tema inesperado
O tema da redação do Enem 2016 foi "Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”.  
Para Cleysson, o tema foi “um pouco inesperado” e explica:“Não esperava a intolerância religiosa, mas estava acompanhando a intolerância de modo geral e isso ajudou. É um tema bem atual”, ressaltou.
Conselho para os candidatos
Fazendo o Enem pela segunda vez, o estudante de Porto recomenda que o candidato leia muito, principalmente os problemas atuais, e aposta que o próximo tema da redação seja sobre crise no sistema prisional. 
“É um assunto (os presídios) que pode vir muito forte este ano”. Ele aconselha ainda que o estudante tire  cerca de 30 minutos por dia para acompanhar os noticiários nacionais e internacionais. 

Reações:

Postar um comentário

 
Top