"Não vou governar olhando para a cor da camisa de ninguém, apesar de amar o vermelho”, com essa frase do discurso da posse, o prefeito Carlos Monte deixou claro que a administração que começou hoje será bastante democrática.
No escuro por conta de uma falta de energia no momento da solenidade, o prefeito agora empossado ressaltou que não vai tolerar corrupção. “Aquele que agir assim será exonerado. Ele ressaltou que pretende retirar a saúde da situação caótica em que se encontra. “Vou colocar as unidades de saúde para funcionar com médicos, medicamentos e equipamentos, disse o prefeito destacando que a Educação e Juventude também serão áreas prioritárias.
Na área da Cultura, o prefeito  declarou que pretende transformar a cidade de Barras em um pólo cultural, incentivando o calendário de eventos e artistas locais. “A prioridade será a qualidade de vida”, pontuou.
Em um gesto nobre, disse que não vai ficar se lamentando da herança maldita que herdou se referindo à crise financeira em que recebeu a Casa Rosada, pois já sabia que a prefeitura estava quebrada. “Pretendemos aumentar a arrecadação, a geração de empregos, driblando a crise financeira”.
A posse, no auditório Monsenhor Uchoa, foi antecedida por uma missa bastante prestigiada e bonita com direito a voz da cantora barrense Conceição Farias emocionando com a canção Ave Maria. Francy Monte também mostrou seu talento cantando o hino de Barras na solenidade de posse.
Muito elegante, a vice-prefeita Cynara Lages emocionou o público com um discurso que resgatou a bonita história da campanha eleitoral que levou ela e Carlos Monte e cinco vereadores ao poder.
(*) Matéria originalmente publicada no portal Logah.com. Fotos: Manoel Monte Filho







Reações:

Postar um comentário

 
Top