Lucas Cauã ontem no
seu primeiro treino na base
Sub 14 do Santa Cruz
Exemplo de persistência, de luta pela conquista dos seus ideais. O adolescente Lucas Cauã (foto ao lado), natural de Recife-PE, onde reside, tinha como sonho jogar na base do Santa Cruz Futebol Clube, uma das maiores agremiações do futebol brasileiro. Mesmo morando na cidade sede do clube amado, Lucas Cauã não havia encontrado quem fizesse a ponte para aproximá-lo dos dirigentes e treinadores da base Sub 14 do tricolor pernambucano.

Com seus então 13 anos (14 completados dia 2 de Novembro passado), Lucas Cauã soube em Recife que os times Sub 15 e Sub 17 da Sociedade Esportiva Garra, de Teresina, jogariam na capital de Pernambuco contra o Santa Cruz no final do mês de Novembro.  Sem conhecer ninguém do Garra, através da Internet, ele se aproximou do jornalista Reinaldo Barros Torres, editor do Tribuna de Barras e organizador da ida do Garra a Recife, solicitando a oportunidade de jogar pelo Garra contra o Santa Cruz, na categoria Sub 15 (ele estava com 13 anos), a fim de que a comissão técnica do Santa Cruz pudesse vê-lo jogar e ele tivesse a grande oportunidade de mostrar seu futebol e ser avaliado pela comissão técnica do Santinha. Reinaldo Barros Torres pediu para falar com a mãe do jovem atleta, professora Eliane, com quem conversou demoradamente e solicitou permissão para aproximação de Lucas Cauã da diretoria do Garra. Com a permissão da mãe do jovem jogador de futebol, Reinaldo Barros Torres conversou com o treinador Marcelo Amorim, do Garra, que permitiu que o zagueiro Lucas Cauã jogasse contra o Santa Cruz.

A delegação do Garra saiu de Teresina para Recife dia 27 de Outubro, chegando a capital pernambucana no dia seguinte. Lucas Cauã e sua mãe Eliane esperavam o time piauiense em Paulista, cidade distante 12 Km de Recife, onde iria acontecer o embate Sub 15 contra o Santa Cruz. Logo houve grande entrosamento afetivo entre Lucas Cauã e jogadores do Garra, tornando-se todos amigos, da mesma forma com a zelosa mãe Eliane. Lucas Cauã e sua mãe resolveram ficar alojados no mesmo local onde a delegação do Garra se hospedaria por três dias em Pernambuco.

O Garra perdeu de 2x0 para o Santa Cruz, Lucas Cauã fez uma boa apresentação atuando como zagueiro do Garra. O time piauiense retornou para Teresina e a Lucas Cauã ficou a promessa de ser melhor avalizado pelo Santa Cruz. Na semana passada Lucas Cauã teve encontro com Silvana Silva, coordenadora das bases Sub 14 e Sub 15 do Santa Cruz, que lhe informou que dia 1º de Dezembro ele poderia comparecer para realizar seu primeiro treino oficial junto com a equipe Sub 14 do Santa Cruz. 

Ontem, dia 1º de Dezembro, Lucas Cauã fez seu primeiro treino e muito feliz falou com a reportagem do Tribuna de Barras, quando disse: “Estou muito feliz, muito obrigado ao Tribuna de Barras e ao Garra pela oportunidade que deram, irei lembrar de vocês sempre com muito carinho. Me tornei muito amigo dos jogadores do Garra, agora também estou me tornando amigo dos do Santa Cruz, meu Deus, que maravilha! Estou muito feliz”, finalizou.

Jogadores do Garra no Santa Cruz

Do time Sub 15 do Garra, após esse confronto contra o Santa Cruz, dois atletas piauienses foram também convidados para ingressarem na base do Santinha a partir de Fevereiro de 2017, são eles os meias João Fernando e Danyel.

Reações:

Postar um comentário

 
Top