Em dois anos, pelo menos duas dezenas de animais foram mortos à tiros na localidade Piripiri do Galdino, situado a 18 quilômetros de Teresina, nas proximidades do povoado Cerâmica Cil, na PI-130, zona rural da capital. O último animal encontrado agonizando foi uma jumenta que estava gestante, há 10 dias. Ela agonizou por 48 horas e morreu.


A polícia esteve no local e constatou que os animais, provavelmente, são baleados e mortos por algum dono de sítio nas proximidades que se sente incomodado com a presença dos jumentos.
Relatos apontam que vacas, cachorros, jegues e caprinos aparecem, constantemente, baleados no povoado.
O Ministério Público Estadual deverá abrir investigação, através da Polícia Civil, para identificar o assassino de animais para que ele responda pelo crime, que prevê, inclusive prisão para o responsável.

(*) Publicação original do portal AI5

Reações:

Postar um comentário

 
Top