Fabinho, Eduardo e Tiaguinho sendo apresentado ao Flamengo do Piauí


Nivaldo Lancuna, o comandante da equipe altoense em 2016 com um trabalho de grande destaque, vai dirigir a equipe picoense e está à procura de reforços que atendam às suas necessidades para formação de um time capaz de lutar pelo título de campeão.
Em Altos o nome anunciado é Francisco Diá, bastante conceituado em outros estados da região Nordeste, inclusive, com possibilidades de conseguir alguns jogadores de bastante experiência no futebol nordestino.
Na capital, o Esporte Clube Flamengo deu o primeiro passo. O Presidente Thiago Vasconcelos chamou a imprensa para anunciar a contratação de Eduardo para jogador e dirigente, a manutenção de Tasso para o setor de futebol, a chegada de Batistinha para auxiliar-técnico e os jogadores Tiaguinho e Fabinho, que tiveram bons momentos no Comercial e no River. Alessandro, volante do Parnahyba, também estará integrando o elenco rubro-negro. O técnico Celso Teixeira estará de volta ao rubro-negro.
Realmente foi o passo inicial. O Presidente do clube tem dois meses para montar toda a estrutura do futebol e aproveitar janeiro para os treinamentos, amistosos pelo interior do Estado e assinaturas dos contratos de trabalho.
O Flamengo está terminando um dos piores anos de sua história. Acabaram com o patrimônio do clube de maneira absurda, até os troféus, símbolos das conquistas rubro-negros, estão desaparecidos e no campo os resultados foram um desastre: nenhuma vitória na Copa do Nordeste e campanha prá lá de medíocre no Campeonato Piauiense.
A situação da agremiação rubro-negra exige muita competência, trabalho, dedicação, apoios diversos para que ocorra uma recuperação. A missão do Presidente Thiago Vasconcelos é difícil, mas a torcida ficou animada com o passo inicial.
(*) Dídimo de Castro, Cidade Verde

Reações:

Postar um comentário

 
Top