Seis homens invadiram uma fazenda de plantação de soja, no município de Guadalupe, distante 345 km ao sul de Teresina), e levaram mais de R$ 1 milhão em produtos. A informação foi confirmada pelo delegado Moisés Aragão Linhares. Segundo ele, a quadrilha chegou em um caminhão Scânia, rendeu o vigia e ainda tentou dar pistas falsas para a polícia.


“Durante o assalto eles lançaram iscas falsas para a polícia, falando próximo ao vigia dizendo que iriam para o Ceará, quando na verdade eles vão seguir no sentido contrário para o Maranhão”, informou o delegado.
O vigia passou mais de 5 horas em poder dos assaltantes com revólver em sua cabeça. Ele foi deixado amarrado, com saco plástico e camiseta na cabeça. O delegado informou que é uma estratégia dos bandidos.
“Um dos integrantes deve ser conhecido na fazenda e por isso fizeram isso com o vigia de colocar o saco e ainda a camiseta na cabeça do vigia”, disse o delegado. 
Na ação, os bandidos levaram cerca de 18 pneus de caminhão de Scania e tratores, além de caixa de ferramentas, pulverizadores, gerador, material de irrigação e uma bola de arame.
“O prejuízo é avaliado em R$ 1 milhão”, garantiu o delegado Moises Aragão.
O assalto aconteceu por volta das 18h de ontem e o vigia, segundo o delegado, estava muito abalado, após a ação criminosa. 
A fazenda é de cinco mil hectares, fica a cerca de 26 km de Guadalupe, e pertence a grupo de empresário da região Sul do País. 
O delegado disse que tem pistas dos criminosos. Ele lembrou que essa ação é nova na região e que acontece mais no extremo sul do Estado, principalmente no município de Corrente. 
(*) Publicação original do portal Cidade Verde, Yala Sena

Reações:

Postar um comentário

 
Top