Vista parcial de Teresina. Foto: Juscel Reis

Quatro escolas teresinenses estão entre as 10 melhores do Brasil na prova de Redação do Enem 2015. Todas elas são instituições privadas de ensino e conseguiram atingir uma média superior aos 800 pontos na prova.  As instituições são: Instituto Educacional São José Unidade Mocambinho, com média de 920,00; Instituto Dom Barreto, com média 897,42; Educandário Santa Maria Goretti, com média 870,15; e CEV Colégio Unidade Jockey, com média 860,83.
O Instituto Educacional São José Unidade Mocambinho além de ser a primeira de Teresina na nota da Redação, figura em primeiro lugar no ranking nacional das médias na mesma prova. Em segundo lugar no ranking nacional aparece o Instituto Dom Barreto. Já o Educandário Santa Maria Goretti ocupa o quarto lugar do país e o CEV Colégio Unidade Jockey o sexto lugar.
Instituto Dom Barreto
Além do segundo lugar na média das provas de Redação do Enem 2015, o Instituto Dom Barreto aparece também em sétimo lugar no ranking das melhores médias nacionais nas provas objetivas. Nestas provas, a escola atingiu média  de 717,82. No ranking das 'Médias Prouni', em que se juntam as médias das provas objetivas e da Redação, o Instituto Dom Barreto aparece em terceiro lugar com a média total 753,74.
Sem escolas públicas
Com relação às provas objetivas do Enem 2015, o Instituto Dom Barreto é a única escola piauiense que figura no ranking nacional. A instituição de ensino conseguiu atingir a média de 753,74 pontos, colocando-se em terceiro lugar entre as melhores escolas do Brasil.
Um dado que chama a atenção no levantamento divulgado pelo MEC diz respeito à ausência de escolas públicas do Piauí entre as que tiveram desempenho destacado nas provas do Enem 2015. Todas as instituições de ensino piauienses que aparecem nos rankings são privadas, o que vai de encontro também ao que revelou o último IDEB. De acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de 2015, divulgado no mês passado, o Ensino Médio das escolas particulares do Piauí não conseguia atingir a meta projetada pelo MEC  desde 2009.
Em contrapartida, no mesmo IDEB, as escolas públicas piauienses apareceram com um desempenho considerado bom tendo Teresina figurado como a terceira melhor educação pública do país nos anos iniciais, ficando apenas atrás de Curitiba e Palmas e a frente de grandes cidades como Rio de Janeiro e São Paulo.

Reações:

Postar um comentário

  1. Eh! Teresina! Quem dera se o seu Clima fosse tão bom quanto o seu Escore Educacional no ranking!

    ResponderExcluir

 
Top