O ex-prefeito de Barras, Francisco Marques da Silva, o Chico Marques (foto acima), terá de pagar multa de R$ 20 mil, estipulada pelo juíz da 3º Vara Federal, que o condenou por improbidade administrativa durante seu mandato à frente do Executivo, em Barras.
A ação do Ministério Público Federal foi movida pelo procurador da República Marco Aurélio Adão. E ex-gestor deixou de responder, oportunamente, a várias requisições de informações solicitadas pelo Ministério Público Federal. As requisições faziam parte de procedimentos administrativos instaurados pelo MPF.
A condenação inclui ainda suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 3 anos. Cabe recurso contra a decisão.
Nos últimos 33 anos, todos os prefeitos de Barras responderam ou respondem processos na Justiça sob acusações de improbidade administrativa! Um rastro de corrupção tem comandado o Palácio Casa Rosada, causando sérios danos ao Município.

Reações:

Postar um comentário

 
Top