O candidato João Messias Freitas Melo (PP) é o prefeito eleito prefeito de Batalha, cidade da Região da Grande Barras, distante 38 Km da Terra dos Governadores.
Com 7.348 votos, o que corresponde a 45,16% dos votos válidos,  João Messias venceu a eleição. Batalha mantém assim a tradição de não reeleger prefeito.
 Em segundo lugar ficou Teresinha Lages (PSB) 6.944 votos (42,67%), e em terceiro lugar Shammara Maria (PR), que recebeu 1.980 votos (12,17%) das urnas apuradas. Com uma eleitorado de 19.662, foram registrados 1,15% de votos brancos e 5,105 de nulos.
Nascido em Batalha (PI), João Messias tem 52 anos e é formado em Direito. Ele foi prefeito do município em duas ocasiões, de 1997 a 2000 e de 2002 a 2004.
Na eleição para o segundo mandato, em 2000, ele foi candidato a reeleição, mas foi derrotado por Antonio Lages. Mesmo vencido, impetrou uma ação de impugnação de mandato eletivo contra seu adversário por abuso de poder econômico. Em dezembro de 2001, o Tribunal Superior Eleitoral cassou Antonio Lages e João Messias assumiu a prefeitura por um período de 3 anos. Agora ele volta a prefeitura de Batalha no dia 1º de janeiro de 2017.
Simpatizantes de João Messias saíram as ruas para comemorar a vitória.

O novo prefeito terá que trabalharpoliticamente para construir uma base de apoio na Câmara Municipal, já que na urna sua coligação, não conseguiu fazer maioria no parlamento.
A coligação de João Messias “Juntos Pela Reconstrução de Batalha” fez Gordinho (PC do B), Augusto César (PP), Antonio Machado (DEM) e Neném Celedone (PMDB), e especula-se que daí poderá sair o próximo presidente da Casa.
Todos os demais 7 vereadores podem ser considerados de oposição, sendo quatro do PSB, Clayson Amaral, Luiz Miranda, Eduardo Cruz e Professor Guilherme, um do PSD, Paulo Pires, um do PT, Gonçalo Firmino e um do PR, Nerioston.
Apesar da aparente inferioridade em números no legislativo, nos bastidores comenta-se que JM não terá dificuldades em reverter esta situação.
As conversas políticas com os novos vereadores e o novo prefeito devem começar ainda este mês.
(*) Com informações do Folha de Batalha

Reações:

Postar um comentário

 
Top