Uma mãe é suspeita de assassinar o próprio filho, identificado como Idelfonso, no município de Boa Hora, situado na Região da Grande Barras.  O crime teria motivações políticas. O filho apoiava o candidato a prefeito que concorre à reeleição, enquanto a mãe, um candidato da oposição. 
De acordo com vizinhos, a vítima teria chegado em casa sob efeito de bebida alcoólica e os dois iniciaram uma briga.
O crime ocorreu na tarde deste Domingo (18). O jovem ainda chegou a ser socorrido pelo SAMU, mas não resistiu aos ferimentos. 
Ainda de acordo com vizinhos, a mãe fazia uso de medicação controlada. 
A mulher, identificada como Celeste, foi presa e encaminhada para a Delegacia de Polícia de Barras. De acordo com o agente de polícia Francisco das Chagas Oliveira Bonfim, ela está detida e será autuada em flagrante. 
“Ela chegou sem documentos. Perguntei o que tinha acontecido e ela disse que o filho tinha derrubado ela no chão e ela tinha tacado um pau na cabeça dele. E perguntei sobre a faca e ela disse que não sabia de faca. Ela toma medicamento controlado e já tem passagens pelo Hospital Psiquiátrico Areolino de Abreu”, em Teresina, afirmou o agente de polícia. 
A polícia civil aguarda a faca apreendida pela PM do município e o marido da suspeita que vai comparecer à delegacia depois do enterro do filho. 
(*) Graciane Sousa, Cidade Verde



Reações:

Postar um comentário

 
Top