Matheus Ramos, 15 anos, uma das revelações da base do Santa Cruz - PE


O Santa Cruz Futebol Clube, de Recife - PE,  uma das maiores agremiações do futebol brasileiro, tem hoje também uma das melhores bases. O Tribuna de Barras já destacou vários grandes nomes que brilham nas categorias juvenis do tricolor pernambucano, mas a cada vez que nossa reportagem se aproxima do C. T. coral, avista novos talentos. Talentos que estão sendo lapidados como verdadeiros diamantes e que num futuro bem próximo, sem sombra de duvidas, muito darão o que falar no futebol nordestino e brasileiro. Roberval, supervisor da base, Breno Porfírio, conselheiro; Silvana Silva (coordenadora da base Sub 14 e Sub 15), estão entre os muitos entusiastas com o trabalho que o Santa Cruz desenvolve atualmente com seus atletas juvenis.

O goleiro Matheus (Matheus Nogueira Ramos), 15 anos, é um desses diamantes raros.  Nascido em 2001, está no Santa Cruz desde o início deste ano. Fã do goleiro piauiense Thiago Cardoso, titular do time principal do Santa Cruz, Matheus Ramos se inspira no ídolo para desenvolver cada vez mais suas habilidades debaixo das traves. Para isso ele conta com a orientação dos dedicados preparadores de goleiros Wesley Costa, (Leleco para os íntimos), Rodolfo e Wirlaney, grandes profissionais do futebol de base nordestino.

Falando ao tribunadebarras.com o jovem goleiro Matheus Ramos disse que: “Meu treinador Leleco me ensinou a engatinhar, a dar os primeiros passos, devo muito a ele. O apoio que sempre tive do técnico Manta também é fundamental para o meu desenvolvimento dentro do clube. A gente se sente mais confiante, corajoso, quando ver que nossos comandantes estão satisfeitos com nosso trabalho. Sei que ainda tenho muito a aprender, mas esforço e boa vontade não faltam, isso eu posso garantir. Não posso esquecer também do apoio que tive do Fábio Miranda, foi ele que me indicou para o Santa Cruz, me proporcionando a oportunidade de mostrar meu trabalho”.

Perguntado sobre os estudos, Matheus Ramos disse: “Curso o 9º ano. No mundo moderno a gente é muito exigido e a carreira de um jogador de futebol é curta, embora muitos, atualmente, estejam jogando muito bem com os 40 anos de idade. Sei das exigências extra campo, por enquanto só falo mesmo português, minha língua nativa, mas logo pretendo estudar inglês, espanhol, sei da importância de nós jogadores de futebol sabermos falar mais de uma língua. Pretendo também cursar uma faculdade, ainda não sei para que área, mas jogador de futebol não deve pensar somente no futebol, estudar hoje em dia é tão fundamental quanto jogar bola bem. Sei também da importância da mídia na vida da gente, estamos tendo uma boa mídia no Santa Cruz, todos os caras falam que depois que o jornalista Reinaldo Barros Torres se aproximou do Santa Cruz, dando visibilidade a nós jogadores da base, todos estão mais estimulados, pois sabem que estão sendo também mais vistos e valorizados. Eu amo o Santa Cruz, somos de um clube com grandes profissionais, uma diretoria fantástica. Sou muito feliz aqui”, concluiu o inteligente e falante goleiro.

Sobre sua convivência na família, Matheus Ramos disse que: “Meu pai e meu avô sempre acreditaram em mim, eles são muito importantes na minha vida, me dão muito apoio, acreditam em mim e no meu potencial. Me esforço muito também por eles, não quero jamais decepcioná-los. Família é tudo, sou muito feliz com a que tenho e se tivesse que nascer novamente, queria novamente ser filho do meu pai e da minha mãe, ser neto dos meus atuais avós, enfim.”.


E este é mais um capítulo da bonita história que o Tribuna de Barras está escrevendo sobre a base do Santa Cruz Futebol Clube. Uma agremiação de guerreiros, a partir da base.


Reações:

Postar um comentário

  1. Parabéns Primo, isso é apenas o ínicio de uma carreira brilhante que te espera, estamos orgulhosos de você!!! Felicidades..

    ResponderExcluir

 
Top