Clube do Remo e River Atlético Clube fizeram um bonito jogo no Estádio Mangueirão, em Belém-PA, na noite deste Sábado (6). Buscando o ataque, as duas equipes tiveram chances de sair com a vitória e o Remo foi mais eficiente, marcando o único gol da partida com João Victor em cobrança de escanteio no segundo tempo. O resultado mantém o Galo na zona de rebaixamento, na penúltima posição com 10 pontos e podendo ser ultrapassado pelo Cuiabá nesse domingo. Em situação oposta, o Remo dorme na liderança do Grupo A com 20 pontos e agora seca os adversários de G-4.
O primeiro tempo do jogo teve momentos de domínio alternado. O Remo começou bem melhor e pressionava o River, que esperava o adversário e tentava sair no contra-ataque, mas sem sucesso. O Leão do Norte chegou a mandar uma bola na trave em chute de Marcinho. Mas os piauienses cresceram na partida e começaram a criar algumas chances. Na melhor delas, Vanderlei soltou uma bomba de dentro da área e obrigou Fernando Henrique a espalmar para escanteio.
Na segunda etapa as duas equipes saíram ainda mais para o jogo. O primeiro a assustar foi o River-PI, em chute de Cleitinho travado por Max. O Remo também atacava, mas assustando menos, até que aos 28 minutos Eduardo Ramos cobra escanteio, Joao Victor subiu sozinho e cabeceou no canto do gol de Naylson, que não alcançou. Os minutos finais reservaram ainda mais emoção. Luciano Sorriso foi expulso por reclamar insistentemente da arbitragem e receber cartão amarelo duas vezes seguidas. O Galo ainda teve um gol em jogada de bola parada anulado pelo árbitro, alegando que Roberto Dias colocou a mão na bola.
No próximo Sábado, o Remo viaja para João Pessoa para enfrentar o Botafogo-PB. O River joga no Domingo, quando recebe o ASA-AL no Estádio Albertão, em Teresina.



Reações:

Postar um comentário

 
Top