Em Teresina (foto), a bonita capital do Piauí sofre com alta temperaturas no segundo semestre de cada ano. Em 2016 será diferente, alertam os meteorologistas. 

O B-R-O-Bró, como é conhecido o período mais quente do ano no Estado do Piauí compreendendo os meses de SetemBRO, OutuBRO, NovemBRO e DezemBRO,  deve ser menos intenso em 2016, se comparado há anos anteriores. As temperaturas máximas não devem ultrapassar as médias já registradas, ficando entre 40ºC e 42ºC.
Segundo a meteorologista Sônia Feitosa, apenas em situações extremas, as temperaturas devem ultrapassar a barreira dos 42ºC. “Em termos de temperatura, este ano tende a ser melhor que o mesmo período do ano passado”, afirma.
Umidade do ar
Nos últimos meses de 2016, o maior problema a ser enfrentado pelos piauienses não diz respeito às temperaturas e sim à umidade relativa do ar, que deve continuar atingindo níveis preocupantes em todas as regiões do Estado. “A umidade é inversamente proporcional às temperaturas. Quanto maior a temperatura, menor a umidade. Esse período do ano é caracteristicamente seco, o que deve se repetir”, explica Sônia Feitosa.
Período chuvoso
A boa notícia para os piauienses é que, este ano, o período chuvoso pode chegar mais cedo ao Piauí. Isso seria uma das consequências do Fenômeno La Niña, que consiste no resfriamento das águas do oceano pacífico, o que influencia as correntes de ar, em boa parte da América do Sul.
“Há uma tendência de que seja melhor que nos últimos anos, porque já está configurado o La Niña. Se esse fenômeno continuar estável, teremos um período chuvoso melhor nos próximos meses, iniciando já pela segunda quinzena de outubro, no Sul do Piauí”, conclui Sônia Feitosa.

Reações:

Postar um comentário

 
Top