Vista aérea parcial de Barras

Na seção plenária desta Segunda-feira (25), da Câmara Municipal de Barras, foi aprovado, depois de algumas retiraram de pauta, o polêmico Projeto de Lei Municipal nº 03/2016, que aumenta os salários do prefeito, dos vereadores e dos secretários municipais. A votação só não foi unânime porque a vereadora Gorete Lages PTB voltou contra. O placar foi de 12 vereadores a favor da admissibilidade do Projeto, e somente a vereadora Gorete contra.
Na próxima legislatura(2017), após as eleições municipais deste ano, um vereador vai embolsar R$ 7.200,00 reais, o presidente R$ 10.800,00, O prefeito RS $ 16.500,00 e os secretários embolsarão R$ 5.000,00 mil reais.
O Projeto não tem a simpatia da população, e recebeu várias críticas devido muitas categorias, como a dos professores municipais, estarem insatisfeitas porque estão há muito tempo sem reajuste salarial.
(*) Pedro Silva, longah.com

Reações:

Postar um comentário

 
Top