Gabriel e Léo Souza, grandes revelações do Campeonato Piauiense Sub 19 de 2016, capitães dos seus clubes na competição

Num jogo em que o resultado foi 1x1 (River venceu nas cobranças de penalidades), os melhores jogadores em campo na final do Campeonato Piauiense Sub 19 disputada ontem, foram dois zagueiros, ambos capitães dos seus times: Gabriel pelo River e Léo Souza pelo Cori-Sabbá, mostraram segurança, personalidade, domínio e saída com a bola quase perfeitos, garra, determinação, e na forma como orientavam a retaguarda dos seus times, executavam o fiel propósito de como se deve comportar um líder que atua na área defensiva.

Gabriel, 17 anos completados em 2016, passou todo o ano de 2015 treinando entre os profissionais do Piauí Esporte Clube, onde adquiriu bastante conhecimento, melhorando por demais seu lado técnico. Em Dezembro de 2015 passou numa peneira do Internacional-RS realizada em Teresina pela Sociedade Esportiva Garra e iria para a capital gaúcha, mas logo a diretoria do River Atlético Clube notou a joia que estava por aqui e a disposição de todos os clubes nossos, também! A diretoria do Galo Carijó não pensou duas vezes notando que tratava-se de um atleta de base diferenciado, conversou com o pai do garoto, o ex-jogador profissional Filho, e profissionalizou Gabriel que com os seus então 16 anos, passou a ter um salário fixo e colégio pago pelo River Atlético Clube. Em 2016, de Janeiro a Maio, treinava sempre com os profissionais do River e em Junho começou a disputar o Campeonato Piauiense Sub 19, promovido pela Federação de Futebol do Piauí, onde foi titular absoluto em todas as partidas, nunca sendo substituído e ainda levando no braço a tarja de capitão. É um jovem jogador de futuro promissor.

Já Léo Souza, 17 anos completados em 2016, jeito de falar ainda de criança, é fértil semente da Escolinha do Osmarildo, da cidade de Oeiras, localizada no centro-sul do Piauí. O Campeonato Piauiense Sub 19 deste ano foi sua primeira competição federada, sempre disputou torneios realizados envolvendo clubes amadores da sua cidade natal. Zagueiro destemido, técnica apurada, capitão do Cori-Sabbá, logo chamou atenção desde o primeiro confronto contra o Racing, agigantando-se na zaga nos jogos contra o Piauí Esporte Clube e Flamengo-PI. Na final contra o River fez a sua melhor partida na competição. Atleta de futuro promissor que se bem trabalhado e destinado a um grande clube que lhe dê estrutura, como aconteceu com Gabriel zagueiro do River, logo se tornará um dos grandes valores do futebol nordestino e brasileiro. Foi titular absoluto em todas as partidas do Estadual Sub 19, nunca substituído. 
Reações:

Postar um comentário

 
Top