Cerca de 50 pessoas foram mantidas reféns durante assalto a um ônibus que fazia linha entre as cidades de Teresina e União, cidade localizada a 50 quilômetros da capital piauiense. Os passageiros tiveram carteiras, celulares, dinheiro e outros pertences roubados. O comandante da 4ª Cia da PM, capitão Antônio Carrias, explica que os suspeitos agiram com violência, ameaçando as vítimas e, inclusive, perfurando bancos do veículo de passageiros.
Os suspeitos foram presos logo após o arrastão- que ocorreu na noite de ontem (22),Mais ao tentarem roubar uma motocicleta.
"Eles entraram no ônibus em Teresina e anunciaram o assalto na altura do povoado Davi Caldas, em União. Após o arrastão, a dupla desceu em um canavial na PI-112 e tentaram roubar uma moto, mas a vítima percebeu, conseguiu fugir e avisou a PM. Conseguimos localizá-los em um matagal. Os dois ainda tentaram fugir. Um deles ainda caiu em um buraco, mas foram recapturados e os bens apreendidos, bem como cerca R$ 900", explica o capitão Carrias.
Os presos foram identificados como Luís Salam Tomaz de Sousa e Francisco Alan Kardec da Conceição. A dupla estava com uma faca e uma réplica de uma pistola. "Eles são do bairro São Joaquim, em Teresina, e essa não foi a primeira vez que agiram. A dupla é suspeita de realizar outros assaltos que ocorreram ao longo de três semanas. Desta vez, eles foram presos", finaliza o comandante.
A PM orienta que as vítimas devem comparecer ao 20º DP para terem os bens restituídos. 

(*) Graciane Sousa, Cidade Verde
Reações:

Postar um comentário

 
Top