O corpo do advogado Kelson Feitosa, assassinado na manhã desta Segunda-feira, 13 de Junho, em Barras, chegou a cidade após exames no IML em Teresina, por volta das 23 horas.

Por toda a madrugada desta Terça-feira (14) o corpo do advogado foi velado em sua residência, localizada na Rua Leônidas Melo, Bairro de Fátima. Nesta manhã o corpo será levado para a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, no centro histórico da cidade, onde acontecerá missa de corpo presente.

Há uma forte comoção popular em toda da cidade. O acusado confesso do crime, conhecido como Francisco, encontra-se preso na Delegacia de Polícia de Barras, onde aguarda as decisões da Justiça.

O enterro está previsto para as 16 horas de hoje e acontecerá no campo santo do Cemitério São José, no Bairro Matadouro.


Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, estiveram no município de Barras-PI para prestar solidariedade à família do advogado Kelson Dias Feitosa, 53 anos, assassinado na manhã desta segunda (13) em sua residência, enquanto exercia sua atividade profissional. Na ocasião, o presidente da OAB-PI, Chico Lucas, conversou com familiares e com as autoridades policiais presentes a fim de cobrar celeridade na adoção das providências cabíveis.
Para Chico Lucas, o crime atinge toda a sociedade, que necessita da atuação firme e destemida da advocacia para lutar por seus direitos. “É lamentável que um advogado tenha sido assassinado pelo exercício da sua profissão. Esse tipo de crime afeta todos os operadores do Direito, pois foi praticado por alguém que não conseguiu lidar com uma decisão desfavorável, que não soube resolver seu conflito de maneira pacífica. Poderia ser qualquer um de nós, advogados, como também juízes, promotores, delegados”, frisou.
“Falamos com o delegado Denis Sampaio, interino da delegacia de Barras, para que fosse emitido o pedido de prisão preventiva contra o acusado, que se apresentou na delegacia logo após o ocorrido. Contatamos também com o promotor de justiça Glécio Setúbal solicitando uma atuação rápida do Ministério Público, para que esse crime não fique impune”, completou Chico Lucas.
O presidente da OAB-PI assegurou que Seccional repudia manifestações violentas, sejam elas contra advogados ou qualquer outro ator da sociedade, e que atuará com veemência contra os atos de violência praticados contra os profissionais da advocacia e, neste caso específico, se colocará à disposição da família para atuar, caso deseje, como assistente no processo de acusação.
Acompanharam ainda, o tesoureiro da OAB-PI, Lucimar Santos; os conselheiros seccionais Diogo Caldas e Conceição Carcará; a vice-presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas, Nathana Costa, o presidente e o secretário geral da Subseção de Piripiri, Mauro Benício Junior e Manoel Inácio de Sá, respectivamente; e a assessora jurídica da OAB-PI, Adélia Dantas.
 
Nota de Pesar – Kelson Dias Feitosa
A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, repudia e lamenta profundamente o assassinato do advogado Kelson Dias Feitosa, 53 anos, ocorrido nesta segunda-feira (13). O advogado atuava na Comarca de Barras há 24 anos e gozava do respeito dos seus pares, tendo deixado à advocacia barrense e piauiense o exemplo de uma atuação livre e destemida.
A Seccional Piauí considera inaceitável que um advogado possa ser assassinado em virtude do exercício de sua profissão, que é, na verdade, a defesa da cidadania e do cidadão. Dessa forma, assegura que atuará com veemência contra atos de violência praticados contra a advocacia e cobrará das autoridades responsáveis que a lei seja cumprida com rigor, a fim de combater e coibir práticas semelhantes à que ceifou a vida de Kelson Feitosa. A Instituição prestará, ainda, assistência à família caso deseje ingressar como assistente no processo de acusação.
A OAB-PI declarou luto oficial de três dias em resignação pela perda sofrida, ao tempo em que roga a Deus pelo conforto de familiares e amigos.

Reações:

Postar um comentário

 
Top