A Defensoria Pública do Estado do Piauí conseguiu, através de um Mandado de Busca e Apreensão, a localização de uma adolescente de 14 anos, natural de Teresina/PI, que fugiu para a cidade de Bom Princípio, estado do Rio Grande do Sul, onde pretendia morar com um homem de 29 anos que conheceu através do Facebook.


A Defensoria tomou conhecimento do caso através do defensor público Gérson Henrique Silva Sousa, titular da Defensoria Pública Regional de Castelo do Piauí, que foi procurado por familiares da adolescente durante o último fim de semana, oportunidade em que relataram a fuga e o destino para a qual tinha seguido. Ciente dos fatos, Gérson Henrique Sousa contactou o Plantão Judiciário da Defensoria Pública em Teresina, na pessoa do defensor público Juliano de Oliveira Leonel, que imediatamente fez o pedido de busca e apreensão.
Após ser expedido o mandado, a menor foi localizada e apreendida pela Brigada Militar de Bom Princípio/RS, e encaminhada ao Conselho Tutelar daquela cidade, onde aguarda a presença de um familiar para trazê-la de volta ao Piauí. 
O defensor público Gerson Henrique Sousa explica o que aconteceu. "Tomei conhecimento do fato no último sábado por intermédio de funcionária do Fórum de Castelo do Piauí Yara Amorim, a qual me informou que o pai da adolescente havia a procurado relatando que sua filha teria viajado escondida de Teresina para a cidade de Bom Princípio/RS a fim de morar com um rapaz que conheceu no Facebook. Segundo o pai, foi o rapaz quem pagou a passagem aérea da adolescente e marcou todo o encontro por meio da referida rede social. De imediato, contatei o plantão da Defensoria Pública, na pessoa do Dr. Juliano Leonel, o qual solicitou a imediata presença do pai da adolescente no plantão defensorial. De pronto, o Dr. Juliano ajuizou medida cautelar de busca e apreensão da adolescente, que foi deferida pelo Poder Judiciário piauiense e cumprido na cidade de Bom Princípio/RS. Hoje a garota está a salvo, esperando no Conselho Tutelar da referida cidade gaúcha o retorno para sua casa", diz.

Para o defensor público Juliano de Oliveira Leonel a atitude do pai e ação rápida da Defensoria Pública e da Justiça foram fundamentais para o êxito: "Atendendo ao pedido do Dr. Gerson, o pai procurou o plantão da Defensoria Pública desesperado e relatou que acabara de descobrir que sua filha havia fugido para o Rio Grande do Sul atrás de um rapaz com o qual mantinha um relacionamento sigiloso. Ele descobrira o paradeiro da filha pelo Facebook e obtivera informações na empresa aérea que a levou até Bom Princípio/RS. O que a Defensoria Pública fez foi rapidamente apresentar um pedido de busca e apreensão da adolescente na 1ª Vara da Infância e da Juventude de Teresina, já que havia o receio de ela se deslocar para outro país, pois a citada cidade gaúcha fica perto da fronteira com o Uruguai e Argentina. O juiz plantonista Antônio Lopes de Oliveira deferiu de plano o pedido, o qual foi cumprido diligentemente pela Brigada Militar do Rio Grande do Sul e pelo Conselho Tutelar local, órgãos que já haviam sido contactados pela Defensoria Pública. Deu tudo certo. Falta agora a garota voltar para Teresina, o que já está sendo providenciado junto à Secretaria de Assistência Social e Cidadania do Estado do Piauí", informou.
(*) Cidade Verde
Reações:

Postar um comentário

 
Top