Jonas Moutra (prefeito de Água Branca) e
Humberto Tavares (vereador de Água Branca)
Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, representantes do governo federal e assessores municipais de todo o Piauí participaram na manhã de ontem,  Terça-feira (10) da abertura da XIX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. 

São cerca de 100 representantes do Estado no maior evento municipalista do Brasil, que este ano foca em temas relativos ao fim de mandato.A abertura da Marcha foi realizada pelo presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, que tratou de temas como o 1% a mais no Fundo de Participação dos Municípios (FPM), a ser concretizado em junho, a repatriação de recursos e as constantes quedas do FPM. Pronunciaram-se também na abertura a senadora Ana Amélia (RS), que falou da falência do atual pacto federativo, propondo um novo pacto. Da composição atual do FPM, que é baseado apenas no IR (Imposto de Renda) e IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), deixando os demais de fora.“Ser prefeito hoje é um ato de coragem”, declamou a senadora arrancando aplausos de todos os presentes.O deputado federal Paulo Cajado representou a Câmara dos Deputados na cerimônia de abertura, destacando que a pauta municipalista tem avançado no congresso, o que não é consenso entre os prefeitos.


Entre os prefeitos piauienses presentes no evento estão:  Reginaldo Soares (Curralinhos), Antonio Neto (Lagoa do Piauí), Jonas Moura (Água Branca), Joel Lima (Miguel Leão), Walter Alencar (Agricolândia), Airton Veloso (Jardim do Mulato),  Arão (Beneditinos) e ainda o vereador Humberto Tavares (Água Branca).


Jonas Moura, prefeito de Água Branca, em entrevista para imprensa


Reações:

Postar um comentário

 
Top