Distante de Teresina apenas 96 quilômetros, 57 anos de fundação, 19 mil habitantes, Água Branca ganha notoriedade no Piauí em virtude do seu forte comércio emanado pela força do trabalho do seu aguerrido povo e por uma administração pública eficaz, que colocou em ordem as finanças do Município, paga em dia colaboradores e fornecedores, tem dinheiro em caixa para realizar grandes obras e capacidade gerencial para adquirir recursos junto ao Governo Federal através de emendas parlamentares, que favorecem o progresso da cidade e do município.

Administrada pelo bancário Jonas Moura, ex-gerente do Banco Itaú, agência de São Luis-MA, Água Branca antes era conhecida apenas pela pujança do seu comércio e por realizar um dos melhores carnavais do Piauí. Hoje com a aplicação correta dos recursos públicos, preocupação com o bem-estar da sociedade menos favorecida e com a qualidade de vida dos que moram nos bairros periféricos, onde a prefeitura tem levado saneamento básico, trabalho exemplar de assistentes sociais e profissionais da área da saúde, dando ao povo mais qualidade de vida, Água Branca ganha espaço na mídia piauiense e nacional por ser uma cidade ajustada, trabalhada para as necessidades mais gritantes da sua gente e por estar sendo preparada para o futuro. Ruas com ciclovias, sinais luminosos de trânsito, humanizando a vida de quem escolheu Água Branca para viver e progredir.

Qualidade de vida também ganhou a população jovem. A Prefeitura de Água Branca inaugurou a desejada obra da Orla do Açude Municipal, hoje local de encontro de todas as gerações nos finais de tarde e início de noite, onde crianças, jovens, adultos e aguabranquenses da terceira idade, praticam esporte e interagem em clima de harmonia e perfeita sintonia.

Bem estar social. Essa é uma das preocupações do prefeito Jonas Moura. A sociedade está bem assistida em todas as suas necessidades mais latentes e o resultado disso se ver a olho nu na safistação do povo aguabraquense ao se manifestar nas ruas, avenidas, esquinas, praças e locais outros de encontro popular. Investimentos na segurança pública também tem sido feitos: a cidade está toda monitorizada por câmeras, ao todo são 17 instaladas em pontos estratégicos. 

Popular. Assim tem sido o governo Jonas Moura. O próprio prefeito tem acompanhado obras e cobrado resultados. Tudo é minunciosamente visto e revisado, não se admite perdas. Deixar a administração pública sempre perto de quem mais dela precisa é meta prioritária e alcançada. Água Branca também é festejada por ser a cidade do Piauí com maior índice de esgotos sanitários, deixando assim para o passado aqueles horríveis esgotos que correm a céu aberto pelas ruas na maioria das cidades piauienses e nordestinas.

Assim a cidade conhecida como Capital Econômica do Médio Parnaíba tem ganho vários prêmios nacionais nas mais variadas áreas, além de destaque na mídia local e nacional.

Terra de gente feliz, motivada por um novo tempo que chegou e que se solidifica na história da cidade berço de cidadãos trabalhadores, honrados, que com seu labor ajudam a edificar novos tempos.

(*) Texto: Reinaldo Barros Torres








23ª melhor cidade do Piauí para se viver em 2015
Água Branca é a 23ª melhor cidade para se viver do Piauí, dentre os 224 municípios do Estado. A classificação é do ranking “As Melhores Cidades do Brasil 2015”, que reconhece as mais inspiradoras práticas de gestão no âmbito municipal, sendo resultado de parceria entre a Revista ISTOÉ e a consultoria Austin Rating. O inédito levantamento mapeou o nível socioeconômico dos 5.565 municípios brasileiros.
Para a elaboração do ranking “As Melhores Cidades do Brasil 2015” as municipalidades foram divididas de acordo com o tamanho de sua população: de grande porte (acima de 200 mil habitantes), médio porte (de 50 mil a 200 mil habitantes) e pequeno porte (até 50 mil habitantes).
“Tenho o maior prazer em saber que Água Branca está bem avaliada entre os municípios piauienses. Também estamos fora da zona de alto risco de vulnerabilidade do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o IPEA, e estamos trabalhando para que a cidade se desenvolva ainda mais, com qualidade de vida pros moradores. É importante ter ciência do que os índices revelam, para reconhecer os méritos e entender no que precisamos melhorar”, disse Jonas Moura, prefeito de Água Branca.
Água Branca ficou na 1690ª posição, entre as cidades de pequeno porte, e em 3075º na categoria geral. Diversos aspectos foram avaliados, como indicadores sociais, fiscais, econômicos e digitais. As informações foram entrecruzadas para o resultado final, divulgado em setembro.
Confira o resultado da pesquisa aqui: http://melhorescidadesdobrasil.com.br/



















































Reações:

Postar um comentário

 
Top