Na tarde desse sábado, a Desportiva Ferroviária venceu novamente o Espírito Santo, por 1 a 0, no segundo jogo da final do Campeonato Capixaba e confirmou o título estadual. O gol da vitória foi marcado por Edinho, de pênalti no final da segunda etapa da partida que foi disputada no Estádio Engheiro Araripe, em Cariacica. No time campeão joga o lateral-esquerdo Fred, filho da cidade de Barras-PI, ex Barras Futebol Club, Flamengo-PI, Caiçara-PI e Parnahyba-PI. Em 2015 Fred foi campeão da Copa Piauí pelo Parnahyba.

Com a vitória, o time grená chega ao seu 18º título estadual da história. A Desportiva chegou a taça, depois de terminar a primeira fase na liderança isolada da primeira fase da Chave Sul com 14 pontos, mesmo com a perda de quatro pontos por ter escalado um jogador irregular. Já no Hexagonal Semifinal, o time chegou a correr o risco de ficar fora depois de uma série de resultados ruins, mas se recuperou e foi a líder com 17 pontos

Mesmo jogando fora de casa mas precisando do resultado para ficar com o título, o Espírito Santo começou com tudo em busca de abrir o placar. Tanto que logo aos 6 minutos, após um cruzamento na área, Rodrigo Cesár ajeitou de cabeça e Leandro Morais chegou de trás pegando de primeira. Porém o goleiro Felipe estava ligado no lance e fez uma grande defesa, evitando o primeiro gol da partida. Mesmo assim o time continuou atacando, e aos 15, em mais um lançamento na área, Vitinho quase fez de cabeça.
Porém nos minutos finais da primeira etapa a Desportiva melhorou na partida e conseguiu responder. Aos 35 minutos, Acerola chutou cruzado e a bola assustou o goleiro Alan Faria. No outro lance, Rael desviou de cabeça um lançamento de Ramires, mas a bola saiu sem pela linha de fundo.
Na segunda etapa, o Espírito Santo continuou com tudo. Tanto que aos 2 minutos, Leandro Morais soltou uma bomba de fora da área mas o goleiro Felipe conseguiu fazer a defesa. A Desportiva respondeu aos 20 minutos, quando Edinho tabelou com Thiago e tentou o gol de cobertura mas a bola foi forte e saiu por cima do gol.
O Espírito Santo continuou atacando, mas quem conseguiu abrir o placar foi o Desportivo após um pênalti cometido por Joelson, que derrubou Madson na área. Edinho foi para a cobrança e chutou forte no canto direito do goleiro. Depois disso não houve tempo para mais nada e o título ficou mesmo com o Desportivo.










No alto da foto acima, Fred com companheiros de clube

Reações:

Postar um comentário

 
Top