O Estado do Piauí, no primeiro trimestre de 2016, gastou mais com publicidade do que com segurança pública. É o que revela o levantamento realizado pelo BrVox,  junto aos dados do Portal da Transparência referentes aos empenhos realizados pelas duas secretarias nos meses de janeiro, fevereiro e março.
Foram R$ 8,150,187.81 empenhados pela CCOM, quase 35% a mais do que os empenhos da Segurança, que totalizaram R$ 5,328,669.37.
Enquanto a Segurança se esforça para manter pagamentos básicos como água, luz, alimentação, telefonia, limpeza, entre outros gastos com pessoas jurídicas - levantamento não incluiu despesas com pessoal - a Coordenadoria de Comunicação do Estado aplica recursos no pagamento de dezenas de empresas, de pequeno a grande porte, para a divulgação das ações do governo Wellington Dias (PT) e seu secretariado.
Divulgação esta, que não vem refletindo nos números para o governador. Pesquisas realizadas recentemente mostram Wellington abaixo dos 50% no incide de aprovação entre os eleitores piauienses. Afetado, claro, pela crise nacional envolvendo o governo Dilma, o governador está relativamente bem, afinal 48% de aprovação é um número bom, mas poderia estar melhor se considerados os esforços de João Rodrigues Filho, Coordenador de Comunicação do Estado.
(*) Fonte: 180graus

Reações:

Postar um comentário

 
Top