Vista parcial da cidade de Água Branca
Como forma de incentivo para que a população continue agindo contra o mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de Água Branca - PI sancionou a Lei nº 0530/2016, que dá desconto de 20% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para o morador que conquistar o selo verde em todas as visitas dos agentes de saúde e endemias durante o período de um ano.
A colocação de selos é parte da estratégia do município para erradicar o mosquito da dengue, que também transmite o Zika vírus e a febre Chikungunya. O selo verde indica que a residência ou prédio está completamente livre de larvas.
As visitas aos prédios são feitas por agentes comunitários de saúde, em conjunto com os agentes de endemias do município periodicamente. O incentivo, conforme especifica a Lei, só será concedido para os contribuintes que pagarem o IPTU em parcela única e dentro do prazo estabelecido para o vencimento.
"É uma medida simples, mas que terá um impacto muito grande na proteção do nosso município. Temos, desde o início, uma adesão muito forte da população no projeto 'Água Branca Livre da Dengue', o que nos alçou a um nível de reconhecimento nacional. Convoco a população a continuar agindo contra este mal", diz Jonas Moura, prefeito de Água Branca.
Água Branca livre da Dengue

Jonas Moura, prefeito de Água Branca
O projeto Água Branca Livre da Dengue, de iniciativa municipal, foi considerado um exemplo em todo o país. Nas visitas periódicas, após a avaliação do local, os agentes colam selos da cor verde, que indicam um ambiente livre de larvas; amarelo, indicando que há ambiente propício para a formação de larvas; ou vermelho, que denunciam os focos no local.

Em 2015, ano de lançamento do Projeto, apenas cinco casos de dengue foram registrados no município e não houve nenhum caso de microcefalia em recém-nascidos, má-formação cerebral relacionada ao vírus Zika, também transmitida pelo Aedes aegypti.
"Quero, mais uma vez, conclamar a população pra que continue abraçando esta causa. Precisamos combater esse mosquito e preservar a saúde de todos", finaliza Jonas Moura.
Reações:

Postar um comentário

 
Top