Antipatizado pela maioria, o polonês Dom Eduardo Zielski após 16 anos é transferido da Diocese de Campo Maior - PI

Para alguns é motivo de comemoração a medida do Papa Francisco em transferir o Bispo Dom Eduardo Zielski da Diocese de Campo Maior, em virtude do comportamento do religioso a frente da igreja católica da região. Ele irá agora para a Diocese da cidade de São Raimundo Nonato, sul do Piauí. 

O bispo era taxado pelos fiéis de todas as cidades que compõem a Diocese de Campo Maior,  de arrogante, prepotente, segregador e ainda por cima foi acusado de vender o patrimônio da igreja, fazendo o inverso do falecido Bispo Dom Abel, que fazia casa e outros benefícios para o povo com o dinheiro dos fieis. Um abaixo-assinado chegou a ser enviado ao Vaticano anexado com uma carta detalhando a forma que Dom Eduardo agia na cidade.

A decisão foi divulgada nesta Quarta-feira (02) pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), informando que ele foi transferido para a diocese de São Raimundo Nonato,  que estava vacante desde Junho de 2015, quando houve a transferência de Dom João Santos Cardoso para Bom Jesus da Lapa (BA). Um novo Bispo será anunciado para Campo Maior, cuja diocese engloba o município de Barras.

Dom Eduardo Zielski é polonês, natural de Brodnica, onde conclui os cursos de ensino fundamental e médio. A formação em Filosofia e Teologia foi no Seminário Maior da cidade de Pelplin, na Polônia.

Sua ordenação sacerdotal aconteceu em 21 de maio de 1972, em sua cidade, Brodnica. Em 1980, chega ao Brasil por meio da missão “Fidei Donum”. Em Santa Catarina, participou do projeto Igrejas Irmãs das dioceses de Blumenau (SC) e Irecê (BA). A experiência o motivou a se deslocar para o nordeste brasileiro, onde atuou em Irecê, Ibimirim (PE) e Tacatatu (PE).

Em 2 de fevereiro de 2000 foi nomeado bispo de Campo Maior. Sua ordenação e posse aconteceram no dia 7 de maio do mesmo ano.

Dom Eduardo é bispo referencial para a Animação Bíblico Catequética do regional Nordeste 4 da CNBB.

(*) Com informações do Campo Maior em Foco
Reações:

Postar um comentário

 
Top