Alan Lima recebendo a faixa de capitão
no primeiro jogo do Estadual Sub 17 de 2016
Ele tem apenas 16 anos de idade e nos últimos anos tem se destacado em todas as competições federadas ou não que tem disputado. 

Alan Lima, natural da cidade de Alto Longá-PI, meia-atacante, guitarrista, baterista, violonista, compositor, religioso, de boa oratória (aprendeu falar bem em público em ações religiosas na igreja que frequenta). Filho único, bem criado, divide as maiores responsabilidades do lar e da família com sua mãe, já que o pai tem problemas de saúde; isso o fez amadurecer muito e quem conversa com o menino de 16 anos, parece estar conversando com um homem de 30! Culto, inteligente, intelectualizado, Alan Lima é um diferencial também dentro de campo em todos os times onde já atuou, isso o faz sempre ser o dono absoluto da faixa de capitão e da camisa 10.

Em entrevista para o Globo Esporte de São Luis-MA,
Alan Lima campeão estadual Sub 15 pelo Moto Clube
No ano passado o meia de Alto Longá foi o maior destaque do Flamengo-PI no Estadual Sub-15 e esteve na lista do Tribuna de Barras entre os 20 melhores jogadores da competição promovida pela Federação de Futebol do Piauí - FFP. Logo em seguida foi convidado pela diretoria do Moto Clube, de São Luis-MA, para disputar a Copa Mirante, que é o Estadual Sub-18 maranhense. No Moto Clube, não deu outra: Alan Lima foi destaque absoluto, fez gols, se tornou líder dentro de campo e foi ovacionado pelos torcedores e pela imprensa, saindo de São Luis como campeão Sub-15. Voltando a Teresina, recebeu propostas do Bahia-BA e da Ponte Preta-SP, mas não chegaram a um denominador comum já que o craque teria que abandonar os estudos e a sua importância na conduta dos negócios da família junto com a mãe, para fazer apenas testes sem garantia financeira que lhe desse estabilidade no período que ficasse ausente do Piauí.

Líder e capitão do Sub-15 do Flamengo-PI, Alan Lima surpreendeu a todos no último Domingo (22) quando na estreia do Campeonato Piauiense Sub-17 deste ano, entrou no campo do Estádio Albertão, em Teresina, vestindo a camisa 10 do River Atlético Clube, maior adversário do Esporte Clube Flamengo. Como tem sido em todos os clubes que joga, a faixa de capitão também foi colocada no braço do craque.

Sem sombra de dúvidas a diretoria do River foi mais uma vez super inteligente. Alan Lima é um jovem jogador de futuro e muito futuro. Se o River der a ele as condições necessárias, logo estará entre os profissionais, mesmo com tenra idade. Alan é jogador para o River Atlético Clube ganhar dinheiro, fazer investimento alto nele e vendê-lo no futuro para grande clube do País ou do exterior. Futebol ele tem de sobra para tornar realidade essa previsão.

Abaixo o Tribuna de Barras relacionou algumas fotos de momentos importantes da vida do craque Alan Lima no futebol e na vida pessoal.


A estreia no River Atlético Clube no Estadual Sub 17 deste ano


De camisa 10 do Flamengo-PI e Moto Clube-MA a camisa 10 do River-PI. Bom futebol, personalidade forte estilo com a bola do pé.


O amigo violão, sempre presença em muitos momentos do craque


Na igreja evangélica que frequenta: liderança também nas atividades religiosas.


Levantando taça de campeão pelo Flamengo-PI


Beijando a taça de campeão maranhense Sub 15 de 2015 pelo Moto Clube


Alan Lima cantando e tocando violão em show evangélico em sua cidade natal: Alto Longá


Em casa, momento de descontração com a amiga bateria

Reações:

Postar um comentário

 
Top