Neste período de chuvas e com seus rios e riachos cheios, Barras se torna um bálsamo para o corpo e a alma. O turista que se destinar a Terra dos Governadores no carnaval não só de deleitará com as atrações já anunciadas, mas terá na conivência com a própria Natureza momentos inesquecíveis. 

O Tribuna de Barras alerta a quem for passar o período de Momo na Terra dos Generais e Marechais, que não suje as margens dos rios e nem os próprios rios, tenha cuidado para não destruir os bem cuidados canteiros das praças Senador Joaquim Pires e Monsenhor Boson - que ficam no percurso do desfile dos blocos -, bem como tenham cuidado com os prédios históricos como o Palácio Municipal (construído entre 1864 e 1868), Palácio Casa Rosada (construído em 1924), Patronato (Secretária Municipal de Educação), sede da Academia de Letras do Vale do Longá, casarões antigos, todo esse elenco do patrimônio natural, arquitetônico e cultural tem que ser preservado.


A Natureza é o maior patrimônio de Barras. Por favor, ao sair da nossa cidade, deixe tudo da forma como você encontrou quando chegou. Preserve.

Abaixo, com fotos do Barras Virtual, Tribuna de Barras e Caminhos e Trilhas, mostramos aos que pretendem passar o carnaval em Barras a beleza dos rios Marathaoan e Longá, que estão ao deleite de todos.





















Abaixo, fotos da cidade de Barras com destaque para seu patrimônio arquitetônico. O desfile dos blocos de carnaval este ano está com novo roteiro, será todo na chamada Região do Centro Histórico (a área onde onde começou a cidade).














Reações:

Postar um comentário

 
Top