Uma quantia vultuosa em dinheiro foi transferida pela Prefeitura de Barras para a Liga Barrense de Futebol e Liga Amadora Rural. O valor chega R$ 368 mil.
O TCE está estranhando esta transferência de recursos tendo em vista que a equipe financeira do Prefeito de Barras, Edílson Sérvulo, não apresentou notas fiscais, recibos ou extratos de transferências bancárias.
A prefeitura não conseguiu explicar para aquela corte nem como seriam aplicados os recursos.
Para a Liga Barrense de Futebol, foi repassado o montante de R$ 320 mil e para a Liga Amadora Rural R$ 48 mil.  O TCE está solicitando da Prefeitura todos os documentos que comprovem com detalhes onde e como foram aplicados estes recursos durante todo o ano de 2014.

O Tribuna de Barras procurou falar com o prefeito Edílson Sérvulo para saber da sua versão sobre o caso, mas seu telefone não atendeu a cinco chamadas consecutivas. O espaço está aberto para explicação do chefe do executivo barrense, bem como dos presidentes da Liga Barrense de Futebol e Liga Amadora Rural, que foram as pessoas que receberam o dinheiro, segundo informam os documentos enviados pela Prefeitura ao Tribunal de Contas do Estado.

(*) Com informações do longah.com
Reações:

Postar um comentário

 
Top