Se não houver precaução por parte dos organizadores e foliões, a entrada dos trios elétricos na Rua General Thaumaturgo de Azevêdo e contorno da Praça Senador Joaquim Pires, região do centro histórico de Barras, poderá provocar uma tragédia. O novo percurso do desfile dos blocos de carnaval, sem sombra de duvidas, precisava de mais estrutura para o desenvolvimento das atividades para que será usado. Com certeza o desfile dos blocos no centro histórico deixará uma imagem bonita, ruas lotadas, ótimo para fotos, filmagens, mas a falta de ação previa no sentido de preservação do local e da vida dos foliões ainda não foi tomada, e o carnaval já começa no próximo Sábado, dia 6 de Fevereiro!

A Prefeitura de Barras até hoje (3 de Fevereiro) não teve o cuidado de solicitar a Eletrobras proteção especial para os cabos de alta tensão das ruas onde passarão os trios elétricos. Muito baixo, os fios de alta tensão não só poderão causar acidentes graves com quem estiver em cima dos trios, bem como a queda dos mesmos levar a óbito quem estiver em baixo brincando nos blocos puxados pelos trios. Antigos, sem manutenção rotineira e com muitas emendas, os fios de alta tensão colocados nos baixos postes do centro histórico se tornam uma armadilha, todo cuidado é pouco.

Outro agravante é o já ruim calçamento de Barras, semi destruído em vários logradouros face a  obras da AGESPISA, podendo causar torções de tornozelos dos foliões e outros acidentes. O peso dos trios elétricos com certeza, também causará mais crateras no calçamento.





Reações:

Postar um comentário

 
Top