Barras é uma cidade onde a juventude vive a se afogar em copos de bebidas pelos bares da vida. As drogas também já são bastante comuns no meio da juventude barrense, tanto na zona urbana como na zona rural do Município.

Somente um ginásio poliesportivo possui a cidade de quase 50 mil habitantes! E esse ginásio é da Secretaria de Estado da Educação, por sinal muito bem administrado pela 2ª Regional de Educação.

Há uma quadra coberta na Avenida Dirceu Arcoverde, Bairro Palestina, mas praticamente abandonada não serve de maneira eficaz a quem a procura; durante a noite, usuários de drogas ficam no espaço e quem quer usá-lo para o que deve servir, fica com receio de aproximar-se. No Bairro Xique-Xique também existe outra quadra do Município, mas como a do Bairro Palestina, está abandonada.

A situação do Estádio Juca Fortes, famoso devido aos memoráveis jogos do finado Barras Futebol Club no Campeonato Piauiense, Campeonato Brasileiro da Série C e Copa do Brasil, também encontra-se em situação delicada de conservação. O estado de abandono do Juca Fortes motivou matéria do Globo Esporte, semana passada, veiculada nacionalmente. 

Resta aos jovens barrenses, fumar maconha, cheirar cocaína, fumar crack... será que é isso que querem mesmo os governantes? Afinal, usar droga virou moda entre a juventude em todo o Brasil, graças a falta da presença do município e do estado, em ações que levem os jovens a viverem o presente de forma que o futuro seja algo palpável e seguro. A família está semi-destruída pelos costumes apresentados e estimulados especialmente pela classe artística, e pelos efeitos midiáticos empurrados na marra goela abaixo... Não dá mais para esperar do jovem a educação vinda somente do berço, o município e o estado tem que fazer sua parte; até porque no berço da quase maioria, pai e mãe não são mais presentes, as produções independentes proliferam e a sociedade sofre com isso. 

Barras precisa rever sua vida administrativa. Uma sociedade sem investimentos no esporte e na cultura é uma sociedade pobre de muitos bons conceitos. Temos passado, mas não temos presente.


Imagens de adolescentes barrenses, atletas do Focas, time de futsal da cidade, em evento esportivo realizado pelo Tribuna de Barras no último final de semana. Foto: Pedro Silva.


Reações:

Postar um comentário

 
Top