O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Raimundo Eufrásio, divulgou, nesta segunda-feira (21), os nomes dos candidatos presos em flagrante durante as provas do concurso do órgão, realizado neste domingo em Teresina. 

Os presos foram: Evelyn Mariane Oliveira Ferreira, Francisco Ivanderson Alves da Silva, Wallace Araújo Reis e Bárbara Brenalle Teles de Oliveira. Eles foram presos em flagrante com aparelhos celulares durante as provas realizadas à tarde e encaminhados para a Central de Flagrantes de Teresina. Um menor de 17 anos também foi apreendido, mas esse é protegido pelo ECA, o famigerado Estatuto da Criança e do Adolescente, uma lei que protege bandidos.


“Foram flagradas cinco pessoas com celulares recebendo ou emitindo mensagens. Uma de São Paulo continua presa por não ter pago fiança. Essa fraude é preocupante e repudiável porque temos que prestigiar aqueles que se esforçaram para passar em um concurso público”, declarou Raimundo Eufrásio durante entrevista coletiva. 


Se houver mais pessoas envolvidas, além das cinco presas, o concurso será anulado: “Até o momento temos esses cinco flagrantes e vamos buscar mais pessoas envolvidas e se houver vai ensejar a anulação do concurso. Vamos aguardar as apurações da polícia e do próprio Tribunal", declarou.



(*) Com informações do GP1
Reações:

Postar um comentário

 
Top