João Alves da Silva Júnior, o João Boiadeiro, gerente de futebol do River Atlético Clube, time vice-campeão brasileiro da Série D/2015, , foi preso na noite desta Terça-feira (30), em Teresina, em cumprimento de um mandado de prisão expedido pela justiça de Goiás, onde responde pela morte da ex-namorada Alean Mendonça Barbosa, em 2006. 
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou que a prisão aconteceu através do seu Núcleo de Inteligência, que recebeu o mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário de Goiás. O crime aconteceu no dia 25 de março de 2006 na cidade de Anápolis, em Goiás. Boiadeiro foi detido após acompanhar o embarque dos jogadores Sub-20 do River para a Copa São Paulo de Futebol Júnior e encaminhado à Central de Flagrantes. 
João Boiadeiro foi contratado pelo River após o fim da Série D do Campeonato Brasileiro e trabalhava em Teresina diretamente na contratação de jogadores que participariam do elenco riverino em 2016. 
O River Atlético Clube, através de nota oficial assinada pelo presidente Elizeu Aguiar, informou que não irá se manifestar com relação ao mandado expedido ao gerente de futebol do clube. Ainda na nota, a presidência do clube disse que vai acompanhar o caso e esperar que o mesmo resolva a situação, visto que é um problema pessoal do funcionário.
Boiadeiro, gerente de futebol do River Atlético Clube
(*) Texto: Victor Costa
Reações:

Postar um comentário

 
Top