O marido da proprietária de um veículo, que foi recuperado na madrugada de Segunda-feira (30) em Timon/MA, entrou em contato com o site GP1, relatando sua indignação após tomar conhecimento que os dois jovens flagrados com o carro roubado foram liberados em seguida.


“Eu estive na delegacia e conversei com o delegado. Eu até entendo a posição dele, pois o Estatuto da Criança e do Adolescente permite essas situações, mas até quando a sociedade vai suportar a impunidade? Nós estamos reféns, enquanto os menores fazem o que pensam e não dá em nada”, desabafou a vítima que preferiu não se identificar.





Ou se acaba com o ECA - Estatuto do Menor, que é na verdade uma lei que protege e incentiva a marginalidade juvenil, ou a escola de bandidos vai imperar no Brasil durante muitas décadas ainda, promovendo a desordem e a instabilidade sadia da sociedade.


O reportagem do site GP1 entrou em contato com a 17ª Delegacia Regional de Timon, e o delegado Antônio Valente relatou que, somente nos casos em que há uso da violência, o menor infrator pode permanecer apreendido. “Eles foram flagrados com o objeto de receptação e por uso de entorpecentes. Nós também compartilhamos da mesma indignação, mas é o que está na lei e nós devemos cumprir”, frisou.


Reações:

Postar um comentário

 
Top