Há dois dias uma rebelião foi estourada na Casa de Custódia de Teresina, onde marginais de alta periculosidade estão presos. Do lado de fora suas esposas e casos amorosos promovem quebra-quebra em tudo que veem, atacam as pessoas, destroem carros e ônibus que passam pelo local. Repórteres e policiais também são xingados e apedrejados, um veículo de reportagem da TV Cidade Verde também foi apedrejado. Nenhuma delas foi presa.

Mulher de marginal e que apoia ações marginais é marginal também. Ou será que elas nesse caso também são protegidas pela Lei Maria da Penha? Os policiais não podem "nem triscar" nelas, pois elas tem "direitos" conquistados pelos movimentos feministas nestes anos de governo do PT. Se fossem homens promovendo quebra-quebra logo estariam sendo espancados, humilhados, presos, afinal são homens, são bichos!

Reações:

Postar um comentário

 
Top